O tema sobre a legalização da cannabis está em pauta ultimamente e vem sendo discutido praticamente no mundo todo em todos os países pelos governantes locais. É uma questão que divide opiniões da sociedade e fomenta polêmica onde quer que seja discutido.

Legalizar a maconha tem seus prós e contras. Minha Opinião é que tem mais prós do que contras por um motivo muito simples: a maconha está presente diariamente em todos os lugares por onde passo e é de fácil acesso a quem quiser comprar.

Para quem mora em São Paulo e passa por bairros onde acontecem aglomerações de jovens em barzinhos e boates, é quase certeza de encontrar alguém fazendo uso dela, seja de forma discreta ou indiscreta. Ela está sempre presente nessas ocasiões. É como se a maconha já estivesse legalizada, mas não oficialmente. Então para que pagar salários de policiais para combater a venda e o uso da mesma, gerando violência e alimentando preconceito?

Se a droga fosse legalizada, creio que diminuiria a população carcerária do país. Os casos de tráfico de drogas seriam em menor número, pois muita gente é presa por isso no caso da maconha.Os esforços da polícia militar poderiam ser usados no combate a outros crimes, inclusive hediondos e ainda eliminaria um dos braços do crime organizado, cortando uma das formas de arrecadação de verbas e enfraquecendo as organizações criminosas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Opinião

O governo poderia taxar a venda controlada desse tipo de produto, arrecadando valores para serem usados em outros setores importantes para a sociedade.

É claro que haveria consequências ao tomar essa decisão. Muitas pessoas que não usam maconha passariam a usar ou experimentar. Mas no final, essa iniciativa geraria mais benefícios do que malefícios.

A maconha já é liberada em alguns lugares dos Estados Unidos e outros países.

O Uruguai foi um dos últimos países a passar a assumir o controle da venda e cultivo dela. Ainda é muito cedo para percebermos os efeitos dessa legalização. Só poderemos sentir as consequências a longo prazo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo