A preocupação com o físico e beleza vêm de muito tempo atrás. Na década de 80, as academias ganharam espaço. O mundo da beleza é superficial e temos uma visão inadequada dela, porém, sentimos que é fundamental nos sentirmos bonitos, belos e assim recebendo a aprovação das pessoas que dividem os espaços conosco.

Refletindo sobre a vida, questiono esses valores, o tipo de pessoas reféns da estética, correndo riscos para manterem-se sempre jovens, belos e impecáveis. Com o tempo, e ele passa muito rápido, a beleza se vai, não temos como segurá conosco.

Quando percebemos que o tempo está atacando, percebemos a superficialidade de tudo ligado à beleza, e nos sentimos vazios.

A beleza pode nos ajudar a conquistar muitas coisas por um pequeno espaço de tempo, depois vem o vazio profundo e percebemos que não estamos vivendo para nada e ninguém, escravos da busca pela perfeição física. A vaidade se torna perigosa muitas vezes, como no caso da modelo e apresentadora Andressa de Faveri Urach, de apenas 27 anos, que encontra-se internada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Nossa Senhora da Conceição.

Ainda em estado grave, sedada e respirando com ajuda de aparelho, devido à aplicação de hidrogel nos membros inferiores há cinco anos. O material é usado para preenchimento, mas a prática não é recomendada para esse tipo de aplicação, pois são grandes áreas e ele tem a função de fazer pequeno preenchimento apenas.

Já se espalha um boato de que a modelo amputou a perna, porém seus assessores de imprensa negam, pedindo nas redes sociais para que não acreditem na imprensa, chamando-a de sensacionalista.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Opinião

Dizem que a modelo está reagindo bem ao tratamento e desmentem também a amputação.

Bilhões de dólares são gastos anualmente em cosméticos, milhões em cirurgias plásticas e assim por diante. Gastamos tempo e dinheiro nessa busca, comparamos nossa aparência com a de outros e queremos ser os mais belos, os mais atraentes. Esquecemos que beleza não é a aparência física, e sim o que está em seu interior e no seu coração. Essa sim é para sempre, pois a beleza física, por mais que façamos, não ficará conosco para sempre.

E nessa busca pela beleza, muitas vezes colocamos nossa vida em risco, ou mesmo a tiramos, deixando em sofrimento os seres que amamos, apenas pelo prazer de nos sentirmos olhados, admirados e desejados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo