A pouco mais de um mês, presidente e governadores tentavamse reeleger. Em propaganda no horário político ou em debates transmitido pelorádio e TV, falavam com voz potente para quem quisesse ouvir, que durante osseus mandatos as “coisas” foram administradas melhor do que o esperado, sendoque tudo corria as mil maravilhas e por isto mesmo o eleitor que os ouvia, tinha por obrigação reelegê-los. Se tudo estava bem, para que mudanças?

Quando contestados faziam caras de maus e aos gritos, juravamque com eles estava a verdade e só com eles. Eleitos, continuariam a funcionara máquina governamental.

Ocorridas às eleições, alguns se reelegem, outros não,começando as sofríveis transições. Então, se escancararam falcatruas tenebrosase as vergonhosas mentiras.

País e Estados totalmente “quebrados” e agora os que foramderrotados tentam se justificar, na maior “cara de pau”, para tentar mais umavez ao povo enganar. Dizem que a culpa é unicamente do sistema que, em conjuntocom o Governo federal, não funcionou como eles esperavam, sendo que, quemassumiria o cargo teria dificuldades em administrar com os cofres vazios. Paraos novos mandatários será quase impossível prosseguir obras em andamentos. Piorainda será o intento de iniciar outras e que para fazer algo a população teráque se sujeitar a novos impostos a pagar!

Faz um mês, o Brasil dos brasileiros se encontrava debaixode um lindo céu azul, nada de nuvens e lá em cima o sol brilhava sorrindo paraum povo honesto e varonil. Tudo se encaixava dentro dos conformes, o ventosoprava a favor. Estatais apresentavam lucros astronômicos que eram repassadospara o bem da população, não havia salários atrasados, saúde, educação esegurança desfrutavam de um desenvolvimento que beirava a perfeição.

Mas já ocorreram as eleições, e de repente explode em todosos noticiários policiais que astronômicos mesmos eram os desfalques das verbaspúblicas e das contas bilionárias que eram mantidas em paraísos fiscais poraqueles que, empossados em comandos, deveriam fazer o melhor para o sistemaviesse de fato a funcionar.

Assim segue o Brasil dos brasileiros! Rombos milionáriosefetuados por alguns, justamente aqueles que deveriam, em seriedades, fazer omelhor para o povo eleitor que se deixou enganar e nas urnas, a eles,depositaram seu voto de confiança.

Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!