Assim como Guga no tênis há algumas décadas, conseguimos mais um título inédito - desta vez no surfe, com o jovem Gabriel Medina. Citei o Guga porque na época ele serviu de exemplo a jovens e crianças, que lotaram quadras de tênis em todo o país - e o surfe, que já um esporte bem difundido por aqui, agora certamente ganhará muito mais adeptos, seguidores, fãs e praticantes.

Isso é bom, pois cada vez que engajamos os jovens em algum esporte, lhe proporcionamos além de cuidado com corpo e mente, a chance de ter uma vida em torno de coisas saudáveis e longe do que muito preocupa os pais.

Começamos uma nova era no surfe - não que não tenhamos grandes nomes de sufistas brasileiros que já fizeram bonito antes e se destacaram no esporte. Basta lembrar de Teco Padaratz, Piu Pereira, Raoni Monteiro e outros. Mas é o nosso primeiro título mundial, e foi o Gabriel que conseguiu o feito e eliminou nada menos que Kelly Slater, que nem precisa ser apresentado.

É uma grande mudança no cenário nacional do surfe e certamente uma grande mudança na vida de muitos jovens, que empolgados, seguirão seu ídolos.

Esperamos que seja uma grande mudança também na vida de nossos esportistas, na questão de patrocínio - sabemos que já melhorou muito de uns anos pra cá, que empresas têm apostados nos grandes talentos que tem surgido no circuito do surfe, mas chamamos a atenção para os talentos femininos, que estão por aí sem patrocínio e dependendo dos pais para participarem das competições. Um exemplo é Pamella Mel, uma jovem surfista destaque nas divisões de base e já competiu até com meninos mais velhos (Pamella tem 8 anos) e que depende do apoio dos pais, que têm vontade de proporcionar mais à menina, para sua evolução, mas sem patrocínio é praticamente impossível.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Acredito que agora muitas atenções se voltem a esses talentos, que assim como outros em outros tipos de esportes, esperam por um bom patrocínio.

E ao Gabriel Medina, só temos a agradecer, por nos representar tão bem e nos fazer termos orgulho de ser brasileiros.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo