Um dos grandes sonhos damaioria dos trabalhadores é a aposentadoria, mas certamente a cada ano quepassa ela se tornará uma realidade mais distante para muitos. A última pesquisado Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE  identificou-se que a expectativa de vida dosbrasileiros aumentou muito nas últimas décadas.

Por isso, para equilibraras contas da previdência, foi criada aLei 9.876/99, do fator previdenciário no Governo Fernando Henrique Cardoso, Com as pressões das frentes sindicais, grevese outros movimentos em 2010 no Governo Lula, votou o fim do sistema.

A longevidade dapopulação faz o governo modificar oscálculos para as aposentadorias do INSS. Quem tinha como base de cálculo atabela anterior aumentou em 94 dias para manter esse valor com idade e tempo deserviço exigido já completo. Otrabalhador terá que contribuir por um período mais longo, para alcançar essaconquista. É ótimo saber que estamos vivendo mais, mas tudo isso eleva tambémos gastos previdenciários.

Motivos pelo qual esseano levou o Executivo e o Legislativo,em 1/12/2014, a propor a validade dessa lei, e reeditá-la, um dispositivo capaz de manter ocontribuinte por mais tempo trabalhando.O fator previdenciário é um mecanismoque considera 80% dosmaiores salários do trabalhador de acordo com a tabela do Ministério daPrevidência. Para o cálculo ele considera o tempo decontribuição e a idade do trabalhador.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas

No fator previdenciárioquanto menor for à idade no momento da aposentadoria, menor ficará o benefício. Eleinibe a aposentadoria antes da idade mínima exigida: 35 de contribuição e 65anos de idade para homens e 30 anos de contribuição e 60 de idade para mulheres.

Esse fator só atinge ostrabalhadores celetistas, aqueles que trabalham para o executivo, legislativo ejudiciário, não serão afetados por esse sistema.

Ele é utilizado somente parabase de cálculos da aposentadoria por tempo de serviço.

Pesquisas indicam que coma queda da fecundidade, em 2030 mais de vinte por cento da população brasileiraterá mais de sessenta anos, e um número bem menor de crianças. Hoje em dia noBrasil, os idosos é um dos grupos que vem aumentando constantemente. O pagamentodas aposentadorias e pensões são outras questões que vem preocupando os gestores dogoverno e o INSS, quanto aos recursos necessários para isso.

Será que o governo estará preparado paraenfrentar essa realidade? Pois o aumentoda expectativa de vida traz consigo outras demandas como algumas doençascrônicas, uso de medicamentos contínuos,e necessidade de um melhor acompanhamento médico.

Portanto, faz se necessário,que os gestores públicos criem politicas voltadas para a terceira idade e incentiveessa população a manter no mercado de Trabalho por mais tempo, criandocondições de melhorias e qualidade de vida dessa população.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo