Júlio Feliciano da Silva, de 33 anos de idade, é um ex-policial que foi condenado e expulso da corporação por assassinato. Sem salário e sem uma graduação, ele resolveu estudar na própria cela. O ex-policial fez uma promessa para si mesmo, disse que sairia dali com um diploma. Ele foi condenado a 15 anos de prisão e já faz cinco anos que está preso. Agora, quer dar uma virada em sua vida e se tornar um bom profissional.

Júlio começou a estudar em 2009, quando foi preso. No ano de 2014, passou em Direito e Letras nas duas melhores universidades de Pernambuco. Ele está muito feliz e pensa no futuro, afinal, quando sair da cadeia vai precisar trabalhar. Fez o exame do Enem, aguarda o resultado e, dependendo da sua nota, novas oportunidades virão.

O ex-policial está muito focado em seus estudos. Apesar dos recursos, a Justiça o impediu de frequentar as aulas de Direito.

Agora ele espera que o Superior Tribunal Federal permita que ele faça a Graduação em Letras, que é na modalidade à distância. O ex-PM divide a cela com outros presos, mas diz que consegue se concentrar nos estudos. Ele traçou um plano de aula dentro da cela e diz que também é professor dos outros presos.

Os presos têm uma vantagem dentro da cadeia se ler um livro por mês e apresentar o resumo da obra: eles têm direito a quatro dias de redução da pena.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Educação

Dentro da penitenciária, há um Campus da Universidade da Paraíba. O Campus oferece cursos preparatórios para os presos e Júlio tem acesso às aulas. Daqui para frente, o ex-policial só pensa em estudar e se formar. Ele diz que quer ser um bom profissional e ajudar muitas pessoas.

Apesar de estar cumprido pena, o ex-policial militar agora vê um futuro melhor para ele. Se dedica muito e quer crescer na carreira.

Afirma que muitos brasileiros mudaram de vida através do estudos. Diz também que, depois que começou a estudar, adquiriu grandes conhecimentos. Sua cabeça agora é outra: vai lutar pelos seus sonhos, até porque já leu muitas histórias parecidas com a sua.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo