A explosão ocorrida na quarta-feira passada (11) em umnavio-plataforma chamado Cidade São Mateus, no Espírito Santo, ocasionou a mortede cinco pessoas, deixou vinte feridos feridos e quatro funcionários desaparecidos.

O Corpo de Bombeiros do Espírito Santo suspendeu asbuscas dos desaparecidos no acidente. A decisão foi em conjunto com a empresaresponsável pelo navio-plataforma, a BW Offshore, que é fretada pela Petrobras.

A justificativa é que alguns compartimento estão invadidos por água, o que dificulta aprocura dos desaparecidos.

A divulgação dainformação foi realizada no sábado pela Secretaria de Estado de SegurançaPública e Defesa Social do Espírito Santo. Contudo, a suspensão na busca dosdesaparecidos é temporária e assim que a água for retirada de dentro do naviopela equipe da BW, os bombeiros retornam as buscas.

Embora não haja nenhuma previsão de quando as buscas serãoretomadas, a assessoria da Secretaria de Segurança informou que a qualquermomento os trabalhos podem ser iniciados.

Essa semana a empresa responsável pelo navio-plataforma SãoMateus, a BW Offshore, também recebeu uma notificação do Conselho Regional deEngenharia e Agronomia do Estado do Espírito Santo (Crea-ES) informando que ofuncionamento da unidade era irregular.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Petrobras

A companhia não tem registro paraatuar no estado na produção e armazenamento de petróleo e gás.

Uma nota publicada pela empresa fretada pela Petrobras,informou que mergulhadores especializados estão trabalhando para que uma tampanas caixas de mar sejam instaladas, após este procedimento será possível que aágua seja retirada dos compartimentos internos do navio, possibilitando aretomada das buscas dos desaparecidos.

Segundo informado pela empresa responsável pelonavio-plataforma São Mateus , a embarcação está estável e a entrada deágua já foi resolvida. Para a companhia, a prioridade atual é encontrar aspessoas que estão desaparecidas desde a explosão e as atividades que estãosendo desenvolvidas são essenciais para o andamento das buscas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo