A cientologia foi criada em 1950 por L. Ron Hubbard. Estas informações não são suficientes para criticar uma opção que envolve crença pessoal. Somente aprofundar o conhecimento e vivenciar a proposta pode dar a real medida do que ela representa e significa. As opiniões são divergentes e beiram o radicalismo em ambos os sentidos, o que é provado pelo número de ataques e de ações judiciais de defesa, apresentados nos últimos 25 anos.

O site institucional da igreja de um lado e o site institucional Underground Bunker, criado por Tony Ortega, do outro, travam batalha de ataques mútuos. Quem está com a razão? Isto é algo que somente aqueles que experimentaram e estudaram sobre o assunto podem responder. O censo feito em 2011 identificou que na Inglaterra e País de Gales, haviam 2.148 cientólogos.

Um grande número de adesão é divulgado na propaganda do site, enquanto que na casa adversária se destaca uma queda sensível no número de adeptos.

O número de membros espalhados pelo mundo, segundo números do ano passado, atinge 50 mil membros.

De maneira simples é possível anotar sobre esta Religião:

· A crença que o homem é muito mais que apenas produto do meio ambiente

· O homem é um ser espiritual imortal

· Sua experiência se estende a mais do que uma vida

· O homem é basicamente bom e sua salvação espiritual depende de si mesmo

· Sugere o empirismo para que a crença seja confirmada

· O objetivo final é o esclarecimento e liberdade

Em contraposição, seus opositores consideram que é apenas uma seita que nada apresenta de científico, apresenta excessiva rigorosidade, acusam de envolvimento com ações criminosas; trabalho forçado; lavagem cerebral; distanciamento familiar e punições extremadas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião Opinião

Há adeptos famosos entre as celebridades tais como Tom Cruise, John Travolta, Lisa e Priscilla Presley.

Ler, estudar e julgar, para depois criticar ou aceitar o conselho da própria igreja. Somente ingressar depois de testar e não aceitar como verdade tudo o que ela diz, sem antes comprovar sua verdade. A decisão então pode ser tomada de forma consciente. Mas parece que esta história já foi contada em outras ocasiões.

Esteja atento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo