No último dia 05 (sexta-feira) as tarifas do transporte coletivo de Cachoeirinha (RS) sofreram mais um reajuste, dessa vez de 13,56%.

A tarifa já havia sofrido dois reajustes no ano de 2014: um 9,6% no mês de maio, elevando o valor da passagem dos ônibus de R$ 2,60 para R$ 2,85 e dos micro-ônibus de R$ 3,50 para R$ 3,90 e outro reajuste foi feito no mês de dezembro, aumentando mais uma vez os valores, que foram para os ônibus de R$ 2,85 para R$ 2,95 e para os micro-ônibus de R$ 3,90 para R$ 4,00.

Dessa vez, o aumento foi exagerado levando em consideração o tamanho da cidade e a comparação com outros municípios do estado.

As tarifas passaram a custar R$ 3,35 para os ônibus e R$ 4,55 para os micro-ônibus.

Opinião sobre o fato 

Além de o valor ser absurdo para o tamanho da cidade, a qualidade do transporte público da cidade não vale nem a metade dessa tarifa. As ruas são absurdamente esburacadas, a frota é absolutamente insuficiente para a quantidade de passageiros, os ônibus estragam quase com a mesma frequência que as tarifas são reajustadas. Em dias de chuva, eles simplesmente não passam da frente da prefeitura da cidade (isso quando eles conseguem chegar lá, porque a Avenida General Flores da Cunha é intransitável em dias chuvosos, a água simplesmente fica acumulada nas crateras que se encontram na avenida e causam um verdadeiro caos na cidade). Eu já vi escolas fecharem porque nem alunos e nem professores conseguiriam chegar, devido à confusão gerada pelas chuvas.

Os melhores vídeos do dia

Pessoas já perderam seus empregos por não conseguirem chegarem aos seus locais de Trabalho pelo mesmo motivo.

Eu só gostaria de saber se a empresa responsável pelo transporte coletivo da cidade vai elevar a qualidade dos seus serviços dessa vez como foi e é prometido todas as vezes que ocorre um desses reajustes absurdos,. Afinal, o descaso com os usuários do transporte público está cada dia mais evidente, é revoltante ter que ficar quase uma hora na parada esperando por um ônibus que virá lotado e ainda ter que pagar uma tarifa dessas. 

Levando em consideração que um mês tenha 22 dia úteis uma pessoa, gastará R$ 147,47  de transporte diariamente para ir e vir para o trabalho, faculdade ou qualquer lugar da segunda menor cidade da região metropolitana de Porto Alegre.