A ministra da Ecologia da França, Ségolène Royal, propôs um boicote ao creme de avelã Nutella, visando a preservação do meio ambiente.

Royal, em comunicado, cita que o desmatamento é o que vem contribuindo para o aquecimento do planeta nos próximos anos. Ela afirma: "É preciso deixar de comer Nutella, por exemplo, porque o azeite de dendê tem levado a substituição de árvores. E isso vem produzindo danos consideráveis".

A Ferrero, que produz o creme Nutella, afirma que este é apenas um dos milhares de alimentos que contêm esse azeite, e não referiu diretamente ao pronunciamento da ministra francesa. A empresa também afirma que a maioria do óleo de palma (dendê) é utilizada de forma responsável e de produtores cadastrados em países como Malásia, Papua Nova Guiné, Indonésia e Brasil.

O pedido de boicote ao creme Nutella, causou uma onda de protestos no continente europeu, vindos de autoridades como ministros e deputados italianos, país de origem do produto.

O ministro italiano do Meio Ambiente, Gian Luca disse "Que Ségolène Royal deixe os produtos italianos tranquilos, hoje a noite no menu: pão e Nutella". Michelle Anzaldi, deputado italiano diz que as críticas não passam de inveja dos franceses, frustrados com a grande excelência dos produtos de seu país.

Com milhares de revoltados na internet, a ministra francesa foi obrigada a se retratar. Em comunicado, ela afirmou: "Mil desculpas pela polêmica do Nutella. Estou de acordo sobre valorizar os progressos". A francesa também se referiu a tentativas de tirar o óleo de dendê de circulação, relembrando que ONGs alegam que muitas empresas prometem que usarão fornecedores que respeitam o meio ambiente, mas nunca cumprem tais promessas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo Natureza

A França ganha notoriedade com assuntos ligados ao meio ambiente nos últimos anos. Em 2012, o Governo francês tentou implantar uma lei com o objetivo de aumentar 300% o valor de impostos em empresas que utilizam o óleo de dendê em sua composição. Entre os setores atingidos, estavam a maioria das empresas de cosméticos e alimentação, atingindo milhares de produtores mundialmente. 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo