A sexualidade humana ainda gera tabu entre muitos, seja por questões religiosas, psicológicas, sociais, entre outras. Superficialmente, falando à regra que ainda norteia a cabeça de algumas pessoasé: gosta de se relacionar com pessoas de outro sexo? então é heterossexual! Gosta de se relacionar com pessoas de ambos os sexos: bissexual! Gosta de se relacionar com pessoas de mesmo sexo: homossexual! Tudo isso marcado ou não por comportamentos e aparência que facilitam o entendimento.

Mas, e quando as aparências contradizem essas definições?

E quando a orientação sexual vai além das características definidas peloshormôniostestosterona e progesterona? E quando a tão exigida definição de papeisque gera oenquadramento em sociedade cai por terra?

Esses e vários outros questionamentos norteiam a vida das pessoas andróginas. Segundo dados do site Significados. com, a palavra "Andrógino" é formada pelos termos gregos "andro" (masculino) e "gyne" (feminino).A androginia é designada para definir pessoas que possuem características de ambos os sexos, não estando necessariamente ligada àorientação sexual e sim a identidade degênero adotado.

A grande interrogação que surge é não conseguir definir ou ter dificuldade em saberqual o gênero da pessoa em questão!

As críticas que a reportagem da revista Galileu de novembro de 2015sofreu ao abordar este assunto refletem a necessidade dedebates que considerem estatemática. Segundo dados publicados no site vipado,a própria revista abordou em respostas as várias críticas a matéria sobre a urgência e a necessidade da discussão sobre gênero na sociedade brasileira!

Segundo dados do site Wikipedia a identidade de gênero está ligadade acordo comgenitais, psicologia ou papel na sociedade, diferentemente da orientação sexual que envolve atração pelo outro! Indubitavelmente a discussão sobre a identidade de gênero se faz necessária para um melhor entendimento da sociedade, e consequentemente a diminuição de alguns preconceitos gerados peloconceito engessado sobre a sexualidade humana.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!