Na noite desta quinta-feira (06/11), a cidade de São João Nepomuceno-MG foi surpreendida por mais uma tentativa de homicídio, que pode ser mais um lamentável capítulo das recorrentes rixas entre gangues.De acordo com esclarecimentos prestados pelo comando da136ª CPM à imprensa local, um jovem de 18 anos sofreu um atentado, por volta das 21h30, em uma das ruas do bairro Santa Rita.

O rapaz foi alvejado por três disparos e um dos tiros atingiu seu pescoço.

A vítima, identificada apenas como "Valdemar",foi conduzida por moradores ao Pronto Atendimento Médico da cidade, ondeforam constatadasduas perfurações (possivelmente resultado de entrada e saída de projétil), sendo encaminhada rapidamente para Juiz de Fora-MG, já que seu caso exigia intervenção médica mais complexa, devido à gravidade dos ferimentos.

Os policiais militares que atenderam o caso e lavraram o Boletim de Ocorrência apuraram junto às testemunhas asdescrições dos suspeitos e detalhes da ação.

De acordo com os relatos, os disparos foram efetuados no interior de um automóvel, cujas características não foram divulgadas.

De posse da descrição física dos suspeitos, a guarnição policial iniciou rastreamento do veículo, na tentativa de efetuar a prisão dos envolvidos e de localizar e apreender a arma utilizada. Em buscas realizadas pelo bairro Três Marias, a PM apreendeu uma motocicleta, que seria de propriedade de um dos suspeitos e que estava desprovida de emplacamento.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Opinião

A mesma encontra-se recolhida no depósito de veículos do DETRAN-MG na cidade.

Até às 10h desta sexta-feira (06/11) as operações de busca, apreensão e prisão ainda não tinham sido encerradas.

Opinião

A sociedade brasileira vive seus piores dias no que diz respeito à segurança pública. Não adianta culpar à PM, o Estado tem sido incompetente para oferecer saúde, segurança e educação, o resultado é este: adolescentes e jovens matando e morrendo, muitas vezes por banalidades.

Enquanto os políticos discutem a redução ou não da maioridade penal, menores de 18 seguem matando, assaltando e “tocando o terror”. Tudo indica que o episódio descrito no B.O da Polícia Militar seja mais um capítulo da rixa entre gangues dos bairros Três Marias e Santa Rita, ambos compostos por adolescentes e jovens de idades diversas.

É triste ver a cidade de São João Nepomuceno, que no seu apogeu no século passado recebia o título de “cidade garbosa”, pois naqueles bons tempos, indústria, comércio, artes, cultura, saúde e segurança vicejavam e, hoje em dia, a população tem que se acostumar com zumbidos, cada vez mais comuns, de tiros ou pernilongos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo