O senador Aécio Neves, do PSDB, desde a reeleição de Dilma, tem se comportado como feroz inimigo, cuja causa única é o Impeachment da presidente. Inconformado com sua derrota nas urnas, Aécio parece não conseguir pensar em qualquer outra solução para os problemas que o Brasil vem enfrentando. Deve-se dizer que, talvez, os problemas tenham se agravado justamente por conta dessa obstinação sem trégua, que mobilizou toda a oposição a aderir a essa causa.

O senador não perde a oportunidade de convocar a população às manifestações contra o Governo Dilma. Em vídeo postado por Aécio em seu canal no YouTube, no dia 01/03, ele dizia se unir ao sentimento de indignação do povo brasileiro contra o PT e avisava que o PSDB e outros partidos de oposição convocariam a população para ir às ruas no dia 13/03.

Ironicamente, Aécio foi hostilizado na Manifestação.

Junto a ele estava o governador Geraldo Alckmin, que afirmou à jornalista da Globo News que hoje estavam todos unidos "em um só objetivo, terminar o governo Dilma", e que também foi xingado.

Talvez eles tivessem acreditado que seriam unanimemente ovacionados por uma turba "indignada" apenas contra o governo do PT, pois é o que se planta diariamente. Mas, como sempre, subestimaram o povo. Os manifestantes demonstraram-se mais atentos do que a direita imaginava.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Governo

Apesar de toda a manipulação midiática, de todo o discurso de ódio plantado pela oposição apenas contra o PT, parece que as estratégias não foram totalmente eficazes.

A senadora Marta Suplicy, que fez sua vida Política no PT e agora tenta demonizá-lo e se une a outros corruptos, também foi hostilizada. Enquanto ensaiava uma entrevista em frente à Fiesp, onde, mais uma vez, falaria mal de seu ex-partido, um grupo de manifestantes a impediu de falar, xingando-a, aos gritos, de "vira casaca" e "perua".

Marta teve que se recolher rapidamente ao prédio da Fiesp até que a manifestação acabasse. Parece ter se inviabilizado tanto no PT quanto na oposição, com sua descarada postura oportunista.

O povo está insatisfeito com o governo, sim, mas revoltado contra todos os corruptos de todos os partidos.

O deputado federal Rogério Correia, do PT, em uma fala na Comissão de Direitos Humanos na sexta-feira, 11/03, comparou Aécio com o imperador romano Nero, e disse que a impressão que tem é de que ele está sempre querendo atear fogo no Brasil.

Talvez também seja a intenção de seus parceiros de partido e da grande mídia.

A sensação que a manifestação de hoje passou foi realmente a de que o Brasil está pegando fogo. E todo mundo vai sair chamuscado, até quem desejouisso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo