Algumas frases de incentivo do chinês Jack Ma estão sendo veiculadas nas redes sociais ultimamente, que poderiam acabar passando desapercebidas se Jack não fosse o criador do maior portal de comércio eletrônico do Mundo, o Alibaba. Conforme a Forbes, a fortuna do chinês está avaliada em US $ 23 bilhões, até maio de 2016.

Ma já falou sobre os fracassos e rejeições profissionais que teve de enfrentar, o que segundo ele serviram de estímulo para que continuasse querendo ser um empresário de sucesso.

A ideia de Ma é que tudo depende da forma como as pessoas encaram os insucessos e as rejeições.

Hoje Jack é procurado para falar sobre o futuro da China. O fundador do Alibaba acredita que seu país passará de 3 a 5 anos complicados, mas que no final a economia da nação asiática sairá incólume dos transtornos globais, continuando assim pelos “próximos 15 ou 20 anos".

Conheça 15 curiosidades sobre o bilionário chinês, fundador do Alibaba:

  • Educação: levou 7 anos para finalizar o ensino fundamental, mais 3 tentativas para cursar a universidade na China e outros 10 ensaios para cursar Harvard e não conseguiu.

Hoje concede palestras em Havard sobre o sucesso do seu comércio eletrônico.

  • Programação: o chinês diz não saber nada de programação, apesar de ser o dono do Alibaba. Ele se utiliza da internet para enviar e-mails e navegar.
  • Inspiração: Ma, ao visitar o Vale do Silício na Califórnia, percebeu o trânsito intenso na região, o que lhe dava ainda mais esperança no futuro da internet.
  • Herói: ele se considera o herói desajeitado de Hollywood que sempre triunfa no final, sendo o seu ídolo, Forest Gump.
  • Restaurantes: como Ma não tinha dinheiro no começo do Alibaba, ele quando ia nos restaurantes tinha a conta paga e com uma nota junto devolvida pelo garçom dizendo o seguinte: “eu ganhei muito dinheiro com o Alibaba e eu sei que você não. Obrigado.”
  • Alibaba: quando Ma foi a um bar na cidade de San Fracisco, o chinês indagou a garçonete sobre o significado de Ali Baba e a moça replicou: “abre-te Sésamo!”, ou seja, ele vislumbrou que o Alibaba abriria as chances para os empreendedores de pequeno porte.
  • Mudança de nome: diante do hotel de sua cidade natal, uma turista do Tenessee, EUA, disse a ele que o seu nome chinês Ma Yun era de pronúncia complicada. Como o pai e o esposo da mulher chamava-se Jack, foi o nome dado a Ma.
  • Trabalho: já foi reprovado em 30 empregos diferentes, o que só serviu para o blindar no empreendedorismo de fundar o Alibaba.
  • Futebol: comprou por 1,2 bilhão de yuans (US$ 192 milhões), 50% do time de futebol Guangzhou Evergrande Football Club, vencendo o último campeonato chinês.
  • IPO: é habito do fundador de uma empresa tocar o sino da Bolsa de Nova York ao promover a oferta pública de ações, mas Ma não fez isso e convidou 8 de seus consumidores a tocar o sino por ele.
  • Família: casou-se com Zhang Ying, colega de escola e uma das funcionárias pioneiras do Alibaba e tem um filho que estuda na Universidade de Berkley.
  • Criação dos filhos: o seu filho nasceu em 1992, mas o chinês tinha pouco contato com a criança, que permanecia 5 dias por semana na creche e ia para casa aos finais de semana.
  • Cachorro: tem um cão alsaciano de nome Apollo.
  • Riqueza não traz felicidade: o empresário disse à Forbes que a sua fortuna não trouxe felicidade, pois as pessoas estão com ele pelas suas riquezas e não pela sua essência.
  • Tai Chi: o empresário é praticante dessa arte marcial, aparecendo em público de robe preto e sapatos comuns dos praticantes de Tai Chi.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo