Com a iminente chegada do vice-presidente Michel Temer (PMDB) à presidência da república, em virtude do possível afastamento da presidenta Dilma Rousseff, os brasileiros começaram a se interessar mais pela vida do homem que poderácomandar o país até 2018 e também pela segunda dama,Marcela Tedeschi Araújo Temer. Casados há 13anos, a diferença de idade não foi empecilho para viver uma história de amor.

Ele é 44 anos mais velho que ela – Temer tem 75 anos e Marcela, 32.

Em uma entrevista ao Programa de Amaury Júnior na Rede TV, reapresentada recentemente, Michel Temer contou que eles se conheceram durante uma campanha eleitoral para deputado federal e que conseguiu o telefone de Marcela através de seus contatos pessoais. “Por meio de contatos, eu obtive o telefone dela”, revelou o peemedebista durante a entrevista.

Temer contouque se encantou por Marcela já no primeiro momento em que a viu. Ela revelou que tomou a iniciativa ao enviar um e-mail para ele dois meses após se conhecerem. Outra revelação da ex-Miss Paulínia é que o político foi seu primeiro namorado.

O casal consegue manter a vida pessoal sem chamar a atenção da mídia e dos curiosos, pelo menos até agora. O estilo conciliador e agregador de Temer parece se refletir na sua vida familiar com a estabilidade no casamento e um matrimônio harmonioso. Com Marcela, Temer vive seu terceiro casamento e com o bebê que a atual esposa espera, ele será pai pela sexta vez.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Michel Temer

Marcela Temer causa polêmica nas redes sociais

Recentemente a mulher de Michel Temer provocou reações de grupos feministas e gerou milhares de comentários nas redes sociais após uma publicação que a descreveu como "bela", "recatada" e "do lar". Na matéria, Marcela Temer afirmou que preferia vestidos na altura dos joelhos e que deixou de trabalhar após se casar com o vice-presidente para dedicar-se ao lar e cuidar dos filhos do casal, Michel, de seis anos e outro que está a caminho.

A reportagem desencadeou uma onda de reações, porque milhares de jovense até mesmo senhoras, além de parte do público masculino, entenderam as afirmações como uma apologia à mulher "dócil", submissa e sem ambições profissionais, que aceita conceitos machistas sem contestar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo