O Vice-Presidente Michel Temer, que assumiu o poder de forma interina no ultimo dia 12 de maio, dia histórico para a "democracia" brasileira, recriou o “Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República” (GSI/PR), abolido em 2015, altura em que as áreas de defesa, segurança e inteligência sofreram cortes profundos.

Além da reativação do GSI, o presidente interino nomeou o novo ministro da pasta da Defesa, o deputado Raul Jungmann (PPS/PE), e subordinou ao GSI a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN).

Gabinete de Segurança Institucional

O novo Ministro-Chefe do GSI é o general do Exército Brasileiro, Sérgio Etchegoyen, de 64 anos, que ocupa desde março de 2015 o posto de Chefe do Estado-Maior do Exército Brasileiro. O nome foi sugerido pelo ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, e pelo general Eduardo Villas-Boas, atual comandante do Exército Brasileiro.

Durante os anos de 2009 e 2011, o general Etchegoyen prestou assessoria especial ao ministro da Defesa da época, Nelson Jobim, e ao Chefe do Núcleo de Implantação da Estratégia Nacional de Defesa (END), que visa traçar as diretrizes e os pilares de atuação das Forças Armadas.

A opção em recriar a pasta do GSI e nomear um militar para chefiá-la, bem como a estratégia em subordinar a ABIN ao Gabinete, indica novos rumos às políticas de defesa e segurança do Brasil. Segundo o portal BBC, o presidente interino tem planos em reestruturar a área de inteligência brasileira, o que fica claro com as novas medidas.

Ministério da Defesa

Outras mudançasque envolvem os temas de defesa e segurança é a permuta do chefe do Ministério da Defesa, até então comandada pelo ex-deputado Aldo Rebelo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Governo

O novo ministro foi nomeado no dia 12 de maio por Michel Temer, que indicou o deputado Raul Jungmann (PPS/PE) para assumir a pasta.

Raul Jungmann é um dos quatro novos ministros do Governo interino de Temer e que são citados na lista Odebrecht. A lista é resultado das investigações da 23º fase da Operação Lava Jato e foi apreendida em março de 2016 pela Polícia Federal na sede da empresa Odebrecht.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo