Você é uma daquelas pessoas chatas para escolher comida? Pois então provavelmente você ainda não conhece todos os tipos de pratos que existem pelo mundo. Eles são nojentos, estranhos e bizarros... muito bizarros.

Confira algumas dessas ‘delícias’ e veja se você teria coragem de experimentá-las algum dia desses, só por curiosidade, quem sabe.

Witchetty grub: larvas comestíveis

Elas são nada mais nada menos do que larvinhas de mariposas. São encontradas na Austrália central e são retiradas diretamente do tronco de árvores para serem degustadas.

Boodog: marmota ou cabra cozida

Esse prato é típico da Mongólia, onde o bicho é cozido dentro da sua própria pele, que é retirada por inteiro logo após seu abatimento. Dentro do saco de pele, eles colocam pedras quentes e as partes do animal junto com temperos. Depois fecha-se tudo com um arame para levar ao fogo ou à chama de um maçarico bem forte.O prato está pronto quando toda a pele estiver pingando gorduras, então, é só saborear! Hum... que delícia, hein!

Ying-Yang: peixe frito

Trata-se de um peixe que é cortado e frito, mas no fim ele ainda está vivo.Outros pratos também levam peixes vivos, como o ‘Ikizukuri’, que é o ‘sashimi vivo’, onde a pessoa corta o animal ainda em vida para ser consumido. E ainda tem o ‘Sannakji’, que são tentáculos de polvo que foram cortados quando o bicho ainda estava se debatendo. Coitado!

Shirako: esperma de peixe

Isso mesmo, esta sobremesa japonesa é feita de esperma de bacalhau.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Culinária Mundo

Para dizer a verdade, tecnicamente o que vai ao fogo é o saco do peixe, cheio de espermas. O prato é descrito pelos orientais como um ‘pudim cremoso’. Ele pode ser preparado cozido no vapor ou frito. E ai, Quer provar?

Veja quais são os outros pratos bizarros que você tem que conhecer e quem sabe até mesmo experimentar:

  • Bushmeat: carne de animais silvestres salgadas, secas e assadas na brasa.
  • Pernas de rã: são muito comuns no Brasil também. Há quem diga que tem gosto de frango e são uma delícia.
  • Blodplättar: é o sangue do porco preparado com farinha, manteiga e centeio. Tipo uma panqueca.
  • Tarântulas fritinhas do Camboja.
  • Beondegi: são parentes das larvas australianas, mas essas são cozidas, muito consumidas na Coreia e na China.
  • Jing leed: grilos fritos da Tailândia.
  • Balut: esse sem dúvidas é o mais sinistro de todos, trata-se de um ovo de pato cozido com um embrião em seu interior.

E então, já decidiu qual vai ser o seu prato de hoje?

É só escolher!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo