Segundouma pesquisa feita pela Universidade de Michigan, ter marido pode ser tão exaustivo quanto ser um empregado e cumprir setehoras de trabalho por dia. E para mulheres com mais de três filhos, a situação pode ser ainda mais cansativa pois elas podem passar mais de 28 horas semanais apenas cozinhando, limpando e cuidando dos filhos.

O ponto óbvio a que chegamos está nos afazeres domésticos, que são mal distribuídos entre o casal. É comum ver a Mulher sendo encarregada de todos os afazeres domésticos, enquanto os homens passam mais horas trabalhando fora de casa.

As pesquisas questionaram homens e mulheres sobre quanto tempo dedicavam àsatividades domésticas e cuidados com os filhos.Mulheres solteiras gastam até 12 horas semanais para concluir afazeres domésticos como cozinhar, lavar, passar e outras tarefasque uma casa exige, enquanto mulheres casadas acima de 60 anos gastam o dobro do tempo e esposas com filhos revelamficar mais de 28 horas por semana se dedicando a cuidar dos filhos e à limpeza da casa.

Uma outra pesquisa divulgada pelo SPC Brasil e pela CNDL revela que 57,7% das mulheres são responsáveis pelos cuidados com os filhos e limpeza da casa.

As diferenças são bem evidentes e, por mais impressionante que seja, houve um tempo que as mulheres eram submetidas a realizar 26 horas de trabalho doméstico por semana, enquanto o homem se encarregava apenas de trabalhos menores que exigiam apenas 6 horas semanais. Isso ocorreu na década de 1970 e desde então as coisas foram mudando, mas nada tão significativo.

As mulheres ainda continuam com as maiores responsabilidades domésticas e quando se trata de cuidar dos filhos é ainda pior.

Esses cuidados continuam majoritariamente ligados as mulheres; apenas 16% das entrevistadas dizem que as atividades ligadas aos filhos são divididas igualmente, já 71% das que exercem trabalho fora de casa citam os avós e parentes próximos como responsáveis pelos cuidados com seus filhos e em seguida aparecem creches e escola integral, e apenas em último o marido.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!