Não é exagero quando dizemos que o cão é o melhor amigo do homem. Acadelinha Rylee que o diga. O casal Edward Casa e Kristin Casa, quase se perderam para sempre da sua mascote, não fosse sua coragem e resistência de nadar e caminhar quilômetros ao encontro de sua família.

O casal saiu para um passeio tranquilo no domingo, 28, no barco da família no estado de Michigan, Estados Unidos, com a fiel companheira Rylee a bordo.

Porém, o que parecia mais um passeio rotineiro, acabou virando uma das provas mais emocionantes da fidelidade de um animal para com seus donos. Veja a história.

Tudo parecia correr como planejado, até que um problema mecânico no barco mudou o cenário de tranquilidade do passeio, enquanto Edward Casa, 56 anos, averiguava o problema da embarcação, a cadelinha, da raça pastor alemão de 10 meses, caiu na água.

Segundo a esposa Kristin Casa, eles passaram dez minutos distraídos com o problema, e quando voltaram a cadela não se encontrava em parte alguma do barco, e não havia nenhum sinal dela na água.

Em desespero, Edward acionou o rádio e pediu ajuda dizendo que havia um cachorro na água, um dos pescadores locais ouviu o chamado e colocou o casal em contato com Lynn Fiedor, voluntária de um grupo que busca cães perdidos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Animais

Rylee participava de um treinamento para se tornar um cão de salvamento, fato que deu esperanças a Lynn e a família de que o animalficaria bem.

Lynn divulgou a notícia de que havia uma cadela perdida, e na segunda, 29, obtiveram a notícia de que foi vista perto de um acampamento uma cadela perdida, o casal se dirigiu ao local esperançoso. Ao chegar no acampamento, Edward tentou chamar a atenção de Rylee com um dos seus brinquedos favoritos, a brincadeira deu certo e logo Rylee apareceu sorridente atrás do que era seu.

A cena foi emocionante para o casal, especialmente para Edward, que sentiu imenso orgulho da coragem de seu animal de estimação, que foi capaz de nadar 10 quilômetros do rio até a costa, e caminhar mais 20 quilômetros para reencontrar a estimada família que a adotou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo