Existem alguns tipos de imagensque podem causar grande agonia e pânico. Se essas abaixo te incomodam, fique atento, pois pode ser sinal que talvez você sofra de tripofobia.

Trata-se de um medo que causa repulsa por qualquer coisa que se assemelha a buracos, ou formas geométricas. Retângulos, como também círculos, podem causar os sintomas da tripofobia em alguns casos. As fobias normalmente são causadas por experiências traumáticas, ou seus sintomas podem aparecer devia a cultura aprendida.

A tripofobia está ligada ao pânico de buracos. As pessoas tripofóbicas sentem pavor todas as vezes que veem buracos, até mesmo em imagens, como essas abaixo:

Para fazer o teste se você sente algo, observe essas imagens abaixo:

1) Essa imagem te causou alguma sensação?

2) E as pernas dessa moça, marcadas por algo redondo? Ficou cheia de buracos.

Te deu alguma sensação ruim?

3) E esse favo de mel? O que te fez sentir?

Se ao ver essas imagens sentiu algo ruim, como uma sensação de pânico, ansiedade, pode ser indício que esteja com a doença.

Esse medo de ver as imagens são na verdade os instintos que associam os buracos como a iminência de algum perigo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Saúde

Apensar dessa doença não causar danos à Saúde física, pode causar problemas sociais para o indivíduo, como frequentar lugares que causam sensação de desconforto.

Tripofobia tem cura?

Com terapia e tratamentos, é possível reduzir e até se livrar de vez da fobia.

Existem vários tipos de tratamentos, como:

Exposição:

Nessa terapia, o terapeuta irá expor imagens onde os sintomas irão aparecer, para que você consiga controlar.

Medicamentos:

Receitados por um psiquiatra, que mediante o grau da doença de cada paciente irá receitar tranquilizantes ou outras drogas bloqueadoras.

Terapia cognitivo-comportamental:

Nessa terapia, também envolve a exposição, combinado com outras técnicas.

Obs: Devemos lembrar que esses testes acima não devem ser considerados como um diagnóstico final. Para tirar suas dúvidas, é recomendável a consulta de um profissional da medicina.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo