No último mês de novembro, no estado da Califórnia, EUA, um jovem chamado Ryan Jessen de 33 anos de idade, chegou ao Hospital local reclamando do que para ele era só uma terrível enxaqueca, mas, infelizmente, depois de ser submetido a exames médicos mais complexos, foi diagnosticado que Jessen estava sendo acometido por uma hemorragia cerebral ventricular, da qual não teve êxito de se recuperar, vindo a falecer em 30 de novembro.

Nessas semanas antes do fatídico acontecimento, quando o homem permaneceu internado e sem avanços significativos no seu estado vital, a família do rapaz norte-americano optou pela difícil decisão de o desconectar dos aparelhos que mantinham a sobrevivência vegetativa do mesmo; porém, não antes de deixar que uma amiga para lá de especial do jovem fosse se despedir dele, o encontro entre os dois foi registrado em um vídeo e está emocionando e levando milhões de pessoas as lágrimas em todo o mundo.

Tratava-se da última despedida entre os dois, entre Ryan e a sua cadelinha de nome Mollie.

Michelle, a irmã do doente escreveu na sua página social do Facebook, onde postou também o vídeo em questão que a diretoria do hospital em que Ryan estava internado foi muito colaborativa e educada por permitir que a família conduzisse a cachorrinha para “dizer adeus” ao seu dono que em poucas horas não estaria mais presente, mesmo que inconsciente entre todos eles.

A decisão familiar de desligar os aparelhos do rapaz foi em função de que os médicos não teriam sucesso em trazer o paciente de volta a uma vida normal dali em diante. A valente mãe de Jessen, Laurie Ann, se pronunciou de modo altruísta ao dizer o seguinte: “o deixamos partir com gratidão e assim, dar o presente da vida através do programa de doação de órgãos aos pacientes que estão na fila de espera pelos mesmos”.

Os melhores vídeos do dia

"Temos recebido muitas orações e palavras de conforto frente a toda essa agonia que estamos atravessando, pelo que somos muito gratos”, disse Laurie, que ainda, completou falando “tudo aconteceu muito rapidamente”, mas a mãe do rapaz abraçou com satisfação o privilégio de a partir de agora, poder cuidar da amiga do seu filho falecido, a doce cachorrinha Mollie.

Veja você também a triste despedida entre Mollie e Ryan: