Os avanços tecnológicos têm crescido no mundo a passos largos, é inegável afirmar, inclusive, que tal crescimento parece crescer exponencialmente, pois uma Inovação dá lugar a outras e toda essa engrenagem gera grande impulsionamento no mercado, em diversos segmentos onde a tecnologia possa influenciar. Contudo, pode-se observar que passamos por tamanha evolução tecnológica nos últimos 20 anos que é visível que estamos vivendo em uma transição entre o velho mundo e o novo mundo, pois é muito provável que em pouco tempo todos os avanços tecnológicos tornarão o mundo um lugar muito estranho para quem teve a oportunidade de observá-lo nos dias de hoje.

A Tecnologia ao mesmo tempo que auxilia toda a humanidade, também é alvo de muita preocupação, de tal forma que já foi tema de Hollywood, em filmes como "O exterminador do futuro" ou "Eu robô", quando as máquinas são a "imagem e semelhança de seu criador", de tal forma que as máquinas providas de inteligência decidem voltar-se contra o ser humano. Ficção à parte, a vida real tem estado cada vez mais conectada a tecnologia e cada vez mais dependente, inovações começam a virar rotina a entusiastas do mundo tecnológico, mas, ao mesmo tempo, começam a surgir pessoas receosas com as consequências negativas que a inteligência artificial pode trazer ao ser humano, mas o que mais surpreende é que tais pessoas preocupadas são as maiores personalidades do segmento tecnológico, como Elon Musk, CEO da Tesla; o físico Stephen Hawkings; e Bill Gates, da Microsoft.

Tecnologias como "internet das coisas" e "inteligência artificial" juntas têm gerado à personalidades do setor tecnológico tamanha preocupação com as possíveis consequências negativas à raça humana, como uma possível "Rebelião das máquinas", que Reid Hoffman e Pierre Omidyar, fundadores de Linkedin e eBay, respectivamente, deram um pouco de suas fortunas para criar um fundo que pesquisará como a inteligência artificial pode ser mais ética.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Tecnologia

Esse medo da criação voltar-se contra o criador motivou este grupo a unir forças, arrecadando US$ 40 milhões em doações, que serão aplicadas em pesquisas voltadas a inteligência artificial, a fim de encontrar uma forma segura de desenvolver a nova tecnologia sem que esta venha a representar uma ameaça futura, seja a partir de máquinas rebeldes ou robôs desenvolvidos para fins bélicos, com poderes devastadores.

Polemizar avanços é sinal de maturidade, pois todo o convívio que a sociedade teve e tem com tecnologia ao longo da história apontam para aspectos positivos e negativos, pois a tecnologia pode ser utilizada tanto para o bem quanto para o mal, de modo que, ao ser utilizada para o mal, os impactos deste mau uso pode ser devastador, tanto que é muito compreensível que máquinas com poder de pensar e responder a estímulos externos, pode vir a apresentar riscos às pessoas, de modo que os desenvolvedores têm feito muitas reuniões discutindo a segurança diante dos avanços, pois nos deparamos hoje com inovações tão poderosas que fogem da compreensão até dos criadores.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo