O que está por trás desse emaranhado de políticas esquerdistas é um roteiro de filme hollywoodiano. O senhor Lula, juntamente com suas amizades latinas-americanas-socialistas, formaram, no ano de 1990, o Foro de São Paulo: escondendo uma ideologia completamente deplorável pela a maioria da população brasileira e mundial.

O nível dos participantes desse grupo é uma afronta à liberdade de qualquer país. Mas como a coisa foi toda imbuída no nosso país, fica ainda mais evidente a traição desse sujeito que se intitula ser o defensor dos pobres.

Mas o que há de tão deplorável nessa organização?

Primeiro, que poucos brasileiros conhecem tal organização e que Lula, hoje, a exalta em vários vídeos colocados no Youtube.

E ele já se declarou e declara aos quatro cantos do mundo ser um socialista e isso já é um motivo forte para encontrar amizades do mesmo ramo para implantar suas ideias no Brasil, como, por exemplo, Fidel Castro um irmão mais velho considerado pelo próprio Lula.

Como na América Central e América do Sul têm simpatizantes: foi muito fácil montar um tipo de organização para tentar se impor frente aos senhores da elite norte-americana e demais capitalistas. O problema é que toda essa ideologia esquerdista vai vir do dinheiro do povo brasileiro e do povo dos países participantes, como Cuba, Venezuela, Nicarágua, Equador etc.

De acordo com o professor Olavo de Carvalho, no seu best-seller 'O Mínimo que Você Precisa Saber para não Ser um Idiota', o Foro de São Paulo é a maior junção de políticos, de viés socialista, que já se formou na América Latina.

Os melhores vídeos do dia

Talvez alguns achem irrelevante a fala do professor, mas foi através delas que a organização pôde, de certa forma, torna-se pública. Olavo de Carvalho ainda afirma que o grupo dispõe de organizações criminosas, como Farc, da Colômbia, e o MIR, do Chile.

Conclusão

Portanto, o título deste artigo não foi pensado à toa. É um título que mostra a vontade voraz de implantar o socialismo no nosso país e em países que estão crescendo com uma certa liberdade econômica. Os outros: como Cuba e Venezuela já mostram o que o socialismo é capaz de fazer na prática há muito tempo. Um país, como a Venezuela, rico em recursos naturais: hoje está numa calamidade total. Tudo isso por ideias iguais às implantadas no Foro de São Paulo na década de 1990.