No final de semana, Marcos se mostrou muito agressivo e abusivo, encurralando e beliscando novamente a Emilly, sua namorada dentro da casa do Big Brother Brasil 17. Muitos usuários do Twitter até criaram a hashtag #marcosexpulso como forma de protestar e mostrar que o brother está passando dos limites.

Todos aguardavam o programa começar para poder ver o posicionamento da Rede Globo em relação aos acontecimentos.

Mas, para a surpresa e decepção de familiares de Emilly e fãs, o apresentador Tiago Leifert não fez essa declaração.

Leifert começou o programa dizendo que o comportamento da casal preocupa a organização do BBB17, assim como aos telespectadores. Ele disse que “o BBB é um jogo, é um programa de entretenimento que espelha a vida real. O que nós vimos hoje acontece em tempo real, porém sem as câmeras.”

A Globo mostrou cenas das últimas 24 horas e falou sobre ter chamado os dois participantes ao confessionário.

Mas ficou claro que a decisão seria da Emilly. Se ela relatasse à produção alguma agressão, aí, sim, fariam algo. Ele não disse essas palavras, mas foi isso que ficou subentendido pelo público.

Apoio nas redes sociais

Após verem que o programa continuaria com Marcos na casa, a internet começou a acusar a Rede Globo de apoiar as agressões de Marcos contra Emilly. Voltaram a falar que a emissora não cumpre o que mostra, citando novamente o caso de Assédio sexual do ator da casa José Mayer contra Su Tonani.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil

Houve uma mobilização na emissora com a hashtag #mexeucomumamexeucomtodas em apoio à figurinista que relatou o assédio. Mas com a Emilly, que vem sofrendo agressão verbal, psicológica e até física, com beliscões e apertos no pulso, a emissora deixou para a vítima, claramente abalada, decidir sobre a expulsão.

Talvez por gerar cliques e audiência, mas acabam apoiando uma coisa que acontece no Brasil diariamente.

O Brasil é o 5º país no ranking de violência contra a mulher.

A irmã de Emilly, Mayla Araújo, disse que ela e o pai, estavam entrando em contato com a produção do programa, pois Marcos já tinha passado dos limites. Uma amiga de infância, Dienifer Trindade, chegou a dizer que se Marcos encostar em Emilly, eles irão resolver aqui fora, e que assim que ver a amiga, dirá para ela cair fora desse relacionamento.

Muitas famosas, como Alice Wegmann, Mônica Iozzi, Juliana Alves e Valesca Popozuda, ficaram revoltadas com as brigas do casal e até postaram mensagens contra a torcida de Marcos.

A Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM) do Rio de Janeiro está investigando o caso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo