O Partido dos Trabalhadores (PT) aprovou no último sábado (3), durante o 6.º Congresso Nacional do partido, uma resolução que garante ao partido o direito de argumentar ordens judiciais se Lula for condenado. Embora a medida não livre o ex-presidente de uma eventual punição, caso seja condenado, a resolução garante ao partido o direito de recorrer à possíveis decisões judiciais.

Movimentos ativistas têm se manifestado a favor de Luiz Inácio #Lula da Silva. Eles alegam que o ex-presidente está sendo vítima de perseguição por parte da oposição.

É muito comum ver os eleitores do partido falar em blogs e grupos de discussão sobre a perseguição contra o político.

Alguns até se baseiam em referências estrangeiras, em que parte da mídia acredita que o petista está sendo realmente vítima de perseguição.

Os petistas reforçam sua tese e tentam "blindar" Lula por conta de publicações da Revista Veja.

A revista Veja e a matéria da "morte dupla"

De acordo com o escritório "Teixeira Martins", empresa que advoga em defesa do ex-presidente, no dia 12 de maio a Revista Veja veiculou uma matéria de cunho mentiroso sobre a já falecida Mariza Letícia, esposa de Lula. Para os advogados, a revista menciona sem provas que Lula transferiu as responsabilidades do tríplex para sua esposa.

Punição milionária proposta pelo Triplex

Os procuradores da república querem que Lula pague mais de R$87 milhões à Petrobrás, como punição, para reparação aos prejuízos, que segundo eles, foram causados pelo presidente em seu mandato no início dos anos 2000.

Os melhores vídeos do dia

Deputados Americanos dão apoio ao ex-presidente

Recentemente, um grupo de doze parlamentares americanos, todos democratas, mais voltados para o lado esquerdo do partido, enviou uma carta a Sergio Amaral, embaixador do Brasil nos EUA, expressando preocupação com a democracia e os direitos humanos no Brasil, e relatando que o governo Temer é preocupante para o país. Na mesma carta, os deputados americanos frisam que o petista está sofrendo perseguições por ter tirado trilhões de brasileiros da margem da pobreza absoluta.

A posição do PT

Recentemente, o PT comunicou sobre desconfianças em relação a "suposta" perseguição sofrida por Lula e aprovou uma resolução interna, na tentativa de assegurar o direito de Lula de competir ao cargo de presidente da República em 2018. Esta resolução reforçaria que se acaso Lula fosse eleito, eles (o partido) lutariam judicialmente para assegurar que o ex-presidente não seja preso. O PT alegaria que "o judiciário" estaria o impedindo de cumprir o mandato, segundo os eleitores.

O PT também aprovou boicote a um possível Colégio Eleitoral para escolher de forma indireta eventual substituto do presidente Michel Temer. O partido lançará, ainda, uma campanha pela convocação de diretas-já e vai pedir a antecipação das eleições não só para presidente como para a Câmara dos Deputados e o Senado.

Lula esta sendo investigado em cinco casos, mas nega sua participação em esquemas de lavagem de dinheiro, e corrupção,de fato, os eleitores do ex-presidente, afirmam falta de provas nas investigações.