Era uma vez uma província chamada Belmont Purple, que fazia parte do reino da Cidade das Laranjas. Esta província, apesar de todas as suas mazelas, como a educação, a saúde e a segurança, era a que mais pagava tributos à Cidade das Laranjas.

Chegou um tempo em que as pessoas estavam cansadas de serem exploradas pela Cidade das Laranjas, e então a voz do #povo ergueu-se em busca de liberdade. Um grupo de cidadãos organizou-se para planejar como iriam se libertar do jugo da Cidade das Laranjas.

Tendo que ouvir a voz do povo, a Cidade das Laranjas não teve outra opção senão a de ouvir a voz da população. E não tardou o dia que Belmont Purple se tornou livre.

Belmont Purple deixou então de ser uma mera província e passou a ser um reino, e para ser o seu rei, foi escolhido Juckard, O Grisalho.

Como constava na lei do reino, o rei exerceria seu poder por quatro anos, sendo este período renovado por mais quatro anos se assim fosse a vontade do povo. A escolha do rei seria feita votação.

E assim foi feito: Juckard foi eleito o primeiro rei do então novo reino de Belmont Purple. O novo rei era um cidadão de destaque da população de Belmont Purple, tendo sido um dos que mais lutaram pela transformação da província em reino.

O rei Juckard, ao mesmo tempo que era uma figura polêmica, também era amado pelos súditos. Muito deste apoio popular vinha de seu passado como ativista pela libertação de Belmont Purple. Esse amor só cresceu em seu tempo como rei.

Autor de várias benfeitorias no reino, a obra mais conhecida de Juckard, O Grisalho foi a construção do #portal do Dragão. Obra esta conhecida em toda a Lake Carioca e orgulho dos cidadãos de Belmont Purple.

Mas uma tragédia aguardava o rei; em uma viagem ao reino de Lake Carioca, o rei foi assassinado em uma emboscada, cujos autores de tão vil ato ainda hoje não foram encontrados.

Vários reis comandaram Belmont Purple após a morte de Juckard. Entre eles, até mesmo sua viúva. Mas nenhum deles foi tão carismático quanto Juckard, O Grisalho. O que todos os reis posteriores a ele tiveram em comum foi a postura de respeito ao seu legado para o reino.

Mas o que ninguém poderia esperar era que um antigo desafeto de Juckard - Gariwarck, O Terrível – tornaria-se rei. Agora sob o comando do temível monarca, Belmont Purple está vendo todas as benfeitorias deixadas por Juckard sendo demolidas.

Nada escapa a esta onda de destruição causada pelo novo rei e seus asseclas. Hospitais, praças... Mas o que fez com que toda a população dos vários reinos de Lake Carioca voltasse os olhos para a triste situação do povo de Belmont Purple, sem dúvida nenhuma, foi a demolição do Portal do Dragão.

O fim desta história ainda está longe de chegar ao fim, pois, ainda restam três anos para o fim do governo de Gariwarck, O Terrível.

Mas se uma lição pôde ser aprendida é a de que: tão importante quanto escolher o rei, a escolha de seus ministros também deve ser feita com cuidado, pois são eles os responsáveis por fiscalizar os atos do rei. Coisa que não acontece com este atual ministério, pois dos vinte e cinco ministros, somente um deles ousa contestar os atos tresloucados do rei.

Os ministros, assim como o rei, são escolhidos pelo voto popular. Então cabe à população não deixar que estes ministros, que não estão alinhados com os interesses do povo, não governem por mais quatro anos.

E o povo deve participar mais ativamente das decisões tomadas pelo rei e acatadas pelos ministros; para isso o povo deve ir às sessões da Câmara Ministerial, que são abertas para que o povo fiscalize as atividades dos ministros. #descaso