Você é daquelas pessoas que contam os dias para a chegada do Horário de Verão, ou está no time de quem detesta este período do ano? Pois bem, a possibilidade do término definitivo do horário de verão vem causando bastante polêmica e muita discussão nas redes sociais.

A internet ficou em polvorosa com a possibilidade do governo federal extinguir o horário de verão que acontece durante 4 meses na região Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Esta possibilidade de colocar um ponto final no horário de verão se deu depois que pesquisas e estudos realizados pelo Ministério de Minas e Energia mostraram que já há alguns anos a efetividade da economia imposta pelo adiantamento de 1 hora nos relógios não é tão eficaz. Isso porque, segundo o Ministério de Minas e Energia, o perfil dos consumidores brasileiros vem mudando nos últimos anos e a economia é cada vez menor a cada ano.

De acordo com o portal de notícias online G1, quem deve dar a decisão final sobre a continuidade ou não do horário de verão é o presidente Michel Temer. Porém, nas próximas semanas, se nenhuma decisão for tomada, no próximo dia 15 de outubro, deverá ficar entrar vigor até o dia 18 de fevereiro de 2018. Neste período, a população de 10 estados e o Distrito Federal deverão seguir o relógio adiantado em uma hora.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Michel Temer

Enquete

Diante a divergência entre os que apoiam o horário de verão e aqueles que detestam, o governo pensa em fazer uma enquete online, em que a população será consultada sobre o assunto. O MME (Ministério de Minas e Energia) vai encaminhar para a Casa Civil os relatórios que apontam a ineficiência de manter esta política pública.

Um dos pontos da pesquisa mostra que não é mais a luz natural por mais uma hora que influência na economia de energia elétrica, e sim as altas temperaturas dos dias de verão dos últimos anos.

Segundo o MME, a popularização do ar-condicionado influencia diretamente no consumo, que tem seu maior pico entre às 14h e 15h, quando o calor é mais intenso, não mais entre às 17h e 20h, como em anos atrás.

Reação nas redes sociais

Assim que surgiu a possibilidade da do término do horário de verão, as torcidas pró e contra a manutenção do mesmo começaram a se manifestar e surgiram vários memes. Veja algumas das reações nas redes sociais:

A nós resta aguardar para ver se Temer liquida de vez com o horário de verão ou se realmente vai acontecer a enquete online para saber a opinião da população.

Enquanto isso, qual a sua opinião, você é contra ou favor do término do horário de verão?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo