Jornalistas e especialistas da TV Globo estão a todo vapor na denominada “pró-bandidagem”, que é na verdade uma série de reportagens contando detalhes sobre o ocorrido no primeiro domingo deste mês, dia 3, em #São Paulo, quando uma ação policial acabou resultando em dez acusados de assalto mortos. Na série de reportagens da #Rede Globo é possível ver inúmeras críticas dos jornalistas contra a maneira que os policiais agiram [VIDEO].

A quadrilha estava sendo investigada há vários meses, sendo acusada de outros 20 assaltos praticados na mesma localidade onde ocorreu o confronto. De acordo com a polícia, os acusados cometiam os crimes, sempre com armamentos pesados, mas nem isso conseguiu ser relevante para os jornalistas da emissora, que a todo instante promovem reportagens com finalidade de culpar os policiais pelas mortes ocorridas, chegando até a questionar se o modo operante da polícia foi realmente necessário.

Segundo a apresentadora Glória Vanique, seria mais seguro se os policiais atirassem para o alto e deixassem os bandidos irem embora. A visão da jornalista é totalmente contrária aos princípios policiais, uma vez que fazendo isso, os acusados continuariam praticando seus delitos.

De acordo com o especialista José Vicente, o fato das mortes estarem sendo questionadas pela equipe da TV Globo é porque cinco entre os dez assaltantes “não ofertavam perigo para a equipe de policiais”. O especialista tenta passar uma ideia de que, durante o assalto, esses homens não trariam nenhum perigo para os policiais, pois, estavam desarmados dentro do automóvel. Ele afirma que os bandidos estavam indefesos e seriam inocentes.

É notório que a TV Globo se aproveita da ingenuidade da grande maioria de seus telespectadores, mas uma parcela desses telespectadores tem acordado para a realidade, pois, cansados de verem o aumento no número de atos violentos e criminosos no país, acaba se precavendo das tentativas da emissora em defender os criminosos [VIDEO].

No vídeo abaixo você poderá ver o modo em que a jornalista da TV Globo apresenta a notícia desse caso. O vídeo já recebeu milhares de visualizações, sendo compartilhado em diversas páginas no Facebook e também no YouTube.

Assista:

“Não adianta prender bandidos. Bandido bom é bandido morto, como diz um velho ditado. É preciso a população tomar uma atitude e se defender contra qualquer tipo de crime que tentem cometer dentro de suas residências. Se começarmos a eliminar ladrões, estupradores e políticos corruptos, quem sabe comecem a nos respeitar um pouquinho. Já seria um bom início. Colocamos gente no comando do país para nos roubar. Colocamos vereadores para ver interesses da população e só enriquecem, fazendo de uma eleição uma sequência, se tornando profissionais, sem dar nenhum retorno à população. Daí vem os prefeitos, deputados estaduais, federais, senadores e ministros dos supra supremos poderes da república. Basta! Vamos trocar tudo e recomeçar do zero. Nenhum político deve ser reeleito.

Tolerância zero com a bandidagem”, comentou o internauta Sigis Guimarães.

E você, qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo. #Morumbi