Em algum momento da sua vida, você já pensou o quanto pode ser gratificante abrir mão de algumas horas do seu dia para ajudar a outras pessoas? Para transformar a sua visão de mundo e a realidade de vida de quem recebe essa ajuda? Se a resposta foi sim, o trabalho voluntário está ali, esperando por você.

Muito se engana quem pensa que não há benefícios nenhum, porque há. Uma infinidades de bons motivos para você começar hoje, começar agora. Por isso, listamos oito grandes motivos para você se tornar um #Voluntário em projetos sociais, lutando por seus ideais e ajudando o mundo a se tornar um lugar muito melhor.

1- Oportunidade para aprender com outras pessoas

Quem foi que disse que tudo o que você irá aprender nessa vida serão seis pais ou professores ou responsáveis a te ensinar? Quando se trabalha voluntariamente, tem-se grandes chances de aprender com novas pessoas, assuntos novos ou os mesmos assuntos, só que feitos de formas diferentes.

Vamos supor que você esteja cursando Arquitetura, mas no trabalho que está se oferecendo a prestar exige conhecimento de Pedagogia, então, será uma nova visão, um novo olhar sobre uma perspectiva que, até o momento, você não conhecia.

Dessa forma, é bastante possível que você aprenda algum assunto o qual nunca tenha falado ou nunca tenha tido a oportunidade de experimentar.

2- Experiência dentro do teu ramo de atuação

Muitos estudantes universitários que estão terminando os estudos ou que já tem bastante domínio da parte teórica deveriam prestar um trabalho voluntário dentro do ramo de atuação. Isso porque, dentro do seu ramo, existem diversas vertentes que você, na prática, poderá aproveitar melhor e até mudar o foco de atuação.

Geralmente, as estruturas de trabalhos voluntários vem divididas em diferentes setores, baseados por interesses e formações.

Os melhores vídeos do dia

Vamos supor que o curso em que você esteja matriculado, gostar de crianças e de animais seja um pressuposto obrigatório. É bastante provável que você consiga encontrar alguma oportunidade que encaixe essa afinidade dentro do voluntariado.

3- Amplia as chances de encontrar um emprego

Como o mercado de trabalho está cada dia mais e mais competitivo, é necessário que você se destaque dos demais, que saia na frente. Quando se apresenta em seu CV um trabalho voluntário, saiba que demonstrou muito mais do que atuação na área.

Para o recrutador, você demonstrou pró-atividade, interesse, aceitou o desafio e teve compaixão para com o próximo. Segundo analistas do RH, candidatos que apresentam trabalhos voluntários são funcionários engajados, que abem trabalhar em grupo e conseguem trabalhar bem com o imprevisto, justamente por serem mais determinados e ativos.

Essas são as características que enchem os olhos dos recrutadores e por tanto, é uma excelente opção para se começar.

4- Ideais inovadoras

É bastante comum que as empresas tenham certa burocracia dentro de um programa de estágio, uma política organizacional que facilita o desenvolvimento das atividades laborativas.

Contudo, algo completamente oposto pode ser encontrado numa oportunidade de trabalho voluntário.

Geralmente, estas instituições apresentam uma mente bem aberta a novas ideias e projetos. Então, nada mais justo que você consiga aproveitar a liberdade que tem para ganhar espaço dentro do projeto e assim, ajudar mais pessoas.

5- Bem-Estar

De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, o jovem que atua em trabalhos voluntários é mais alegre, mais feliz. Isso porque apresentam uma menor carga emocional de stress em relação aos que estaiam remuneradamente. Além disso, eles demonstram maior equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional.

Esses fatores de felicidade são explicados biologicamente. Quando nós nos dedicamos a fazer o bem a outra pessoa, sem nada em troca, ocorre a liberação de uma substância chamada endorfina, que nada mais são do que neurotransmissores que atuam em nosso cérebro, liberando a sensação de prazer. E por falar em prazer, nada mais prazeroso do que o sorriso no rosto do voluntariado.

6- Dê adeus ao tédio

Aquela aquele dia de domingo que você não tem nada pra fazer e fica mudando de canal a todo instante? Pois bem, que tal preencher esse vazio ocupando suas horas vagas para mudar o destino de alguém?

Ao se tornar um voluntário, você tem a sua vida mais ativa, mais cheia de energia e mais realizada. Não há espaço para tédio e nem energias ruins. Os compromissos que serão assumidos farão com que a sua agenda esteja sempre cheia e isso será satisfatório! Você troca as suas horas vagas, que costumava ficar sozinho por companhia e plenitude. Não é demais?

7- Melhora seu NetWorking

Sim! O trabalho voluntário também é responsável por aumentar a sua rede de contatos profissionais. Isso porque é bastante comum que pessoas de várias áreas estejam trabalhando com você.

Muitos lá são fornecedores de produtos, são gerentes de empresas e até trabalhadores num geral. Esses indivíduos estão envolvidos com essa instituição filantrópica e por que não dizer, com você também?

Aproveite dessa estrutura e se abra para novas oportunidades, conhecendo novas pessoas e firmando novos contatos. Além do mais, não tem como se sentir completo num trabalho voluntário sem sair de lá cheio de amigos!

8- Aprimorar a sensibilidade humana e promover a empatia

Quando você se torna um voluntário, a maneira de perceber o mundo não é mais a mesma. Isso porque você cria vínculos com aquela situação, começa a se tornar mais crítico, mais afável e isso é bom. Ficar sensível aos problemas sociais que vivemos é o primeiro passo para ter força e coragem de mudá-los.

E é durante esse processo de sensibilização que acontece a empatia. Você consegue ouvir melhor do que as outras pessoas têm a dizer, consegue se colocar no lugar do outro e sentir a sua dor, o seu sofrimento. O desenvolvimento pessoal é, de longe, a capacidade que mais será desenvolvida durante toda essa jornada.

Gostou das vantagens? Que tal começar hoje mesmo, hein? #Filantropia #TrabalhoVoluntário