Primeiro, vamos aos fatos que levaram a isso. A exposição "Queermuseu - Cartografias da Diferença na Arte Brasileira" foi apresentado no Santander Cultural, em Porto Alegre (RS) no dia 16 de agosto e iria ficar até 8 de outubro, com o objetivo de mostrar a diversidade da expressão de gênero na arte. Porém, no dia 10 de setembro, foi fechada com forte atuação de movimentos religiosos e do #MBL (Movimento Brasil Livre).

Mais recentemente foi o caso da performance "La Bête [VIDEO]" realizado ao Museu de Arte Moderna (#MAM) de São Paulo, quando viralizou um vídeo postado no Facebook em que mostrava, durante a performance, uma criança tocando no corpo de um homem nu, mas este não foi fechado mesmo sob forte protestos no lado de fora.

Estes grupos alegam que isto não é arte e os acusam de incentivar a pedofilia e a zoofilia. Porém, sabemos o que é arte?

Segundo o site Info Escola, "a arte é definida como uma atividade que manifesta a estética visual, desenvolvida por artistas que se baseiam em suas próprias emoções e é desenvolvida com o intuito de mostrar o pensamento do artista e expressar os sentimentos, por meio de correntes de estilo e estéticas diferentes."

Logo a minha conclusão sobre arte é que ela não foi feita para ser somente bela, mas para interpretar o que o artista está a questionar sobre algo do cotidiano da sociedade. Mas fica aí um questionamento: por que as crianças foram levadas para estas exposições citadas anteriormente?

Podem sim, mediante autorização ou acompanhado dos pais ou responsáveis durante o evento, exceto quando for evento para maiores de 18 anos, pois neste caso é estritamente proibido, mas quem determina a classificação indicativa de um evento é a Secretária Nacional de Justiça.

Os melhores vídeos do dia

Então, estes grupos que estão protestando, eles têm razão em querer fechar estes eventos? Não, pois a alegação destes grupos é falha, pois quem liberou as crianças de irem aos eventos foram os pais, mediante autorização dos pais para as escolas (caso ‘’#Queermuseu’’) ou acompanhado de pais ou responsáveis (caso La Bête).

Logo, o ato destes grupos de forçar o fechamento dos eventos sem base legal é censura e viola o princípio da liberdade de expressão assegurada na Constituição de 1988. Apesar disto estes grupos ficam cada vez mais fortes em nosso país e isto pode nos levar a uma espécie de "Idade Média do século 21" e com isto poderão causar danos irreversíveis na vida de todos os brasileiros.