Estamos vivendo em um momento que o tempo é muito valorizado. De acordo com sua faixa etária, esse medo se torna cada vez mais profundo, como sonhos que não foram realizados, cobranças internas e também externas, compromissos que não podemos concretizar.

A verdade é que nossa sociedade e a mídia cobram e mostram o todo tempo o que você tem que fazer, e na maioria das vezes inútil para sua vida, situações que você se compromete sem ao menos dizer para você se é realmente aquilo que se deseja realizar. São tantas coisas que você ainda não executou que começamos a sentir a tal frustração de não conseguir nada do que aspirou ou desejou ao longo de sua vida.

Ou seja, tudo que você lutou, se sacrificou para conseguir parece não ter um significado nesse momento. Além disso, quando comparado ao que você planejou para um futuro, torna-se mais intenso .

Ficar observando as pessoas e os amigos viverem e realizar seus sonhos na rede social não ajuda em nada. Me enganei, ajuda, sim, a alimentar mais a frustração e analisar de fato a sua vida. Realmente não adianta reclamar, as vidas de uns podem ser melhores do que de outros, mas nada que chega a perfeição ou tão sonhada vida que fulano desejou.

Isso por que se olhar mais para o outro, nunca você vai prestar atenção no que está fazendo de errado, pois não vai sobrar espaço para seu cérebro lembrar que você também pode conseguir a auto-realização, mas somente você e mais ninguém pode determinar o novo rumo de sua vida com ferramentas que estão ao seu alcance.

Os melhores vídeos do dia

A maioria das pessoas já assistiu aquelas palestras de motivação que encontramos nas redes sociais. Parecem mais que estão vendendo e distribuindo felicidade e auto-realização, igual em saquinho de doce para criança. Você entendeu muito bem, “vendendo”, primeiro porque instruir uma pessoa de como ela deve viver e o que fazer com sua vida depende unicamente de como esse ser vê os conflitos existentes, avaliando as possibilidades de como solucioná-lo.

Depende de como existem, como você conseguem enxergar isso e qual a proporção que oferece em uma parte da vida, considerando que isso é muito relativo. Às vezes, o que pode ser um problema para você não é uma dificuldade para o seu vizinho. Viver em sociedade é difícil e não precisamos lembrar disso.

O relevante é como você enxerga esse problema e realmente se ele merece toda essa atenção? Existem pessoas que possuem facilidade de resolução de conflitos e conseguem resolver problemas com facilidade, mas pensa que esse tal problema não tornou a repercussão na vida desse ser tanto quanto realmente outros tornariam.

Contudo, você não precisa ir a uma palestra de automotivação para resolver seus problemas. Tente respirar e reduzir o impacto desse incômodo e verificar as opções que podem ser resolvidas. Ouvir conselhos de especialistas também é válido. Dependendo do caso, até vantajoso em muitas situações que necessitam de um olhar clínico. É muito comum se espelhar nos outros para se ter um autoavaliação de sua vida, porém a mídia consegue deixar a vida alheia mais atraente para alcançar mais acessos e vender a imagem da felicidade. Ou seja, apresentando a tal “vida que você sempre sonhou”.

É o que fazem com as novelas, casa perfeitas, roupas irresistíveis, lugares maravilhosos, mulheres que estão acordando lindas e maquiadas. O problema é saber que essa realidade não é sua, e que dependendo da sua vida e até imaginável uma vida dessas. Aí com todo isso temos que lidar novamente com a frustração de não termos aquilo que queremos, mas como eu disse antes, realmente é aquilo que você quer?

Já pensou que desejos de algumas pessoas são somente ter paz interior, tranquilidade, sossego. Eu observei poucas vezes alguém desejar isso para sua própria vida. Quando estamos acrescentando e pedindo demais para nossa vida, temos que pensar se isso faz parte da sua auto-realização, não do que os outros e a mídia gostariam que você desejasse.

Infelizmente o prejuízo de quando você não consegue conquistar seus sonhos são as decepções e aborrecimentos ao longo de suas vidas, porque aquilo que almejava não foi analisando como deveria. Com tudo devemos sim estabelecer metas, reduzir a ansiedade, implementar objetivos e conquistar sonhos, mas você tem que optar, se são relevantes ou não. #depressão #autoestima