Uma peça publicitária postada na página da marca Polenguinho no Facebook, na última segunda-feira (16), está dando o que falar; a imagem, que faz referência ao famoso álbum ''The Dark Side of The Moon'' da banda de rock progressivo Pink Floyd, foi confundida com uma campanha de apoio à causa LGBT.

Embora até mesmo a legenda utilizada na postagem indicasse que esta havia sido inspirada no álbum da banda britânica - ''Dark Side da Fominha: você não vai parar de ouvir até comer um Polenguinho'' - o uso das cores do arco-íris fez com que a campanha ganhasse mais repercussão do que o esperado pela Polenghi, que detém a marca Polenguinho.

Por causa desta confusão, a publicação da marca no Facebook acabou inundada por todo tipo de críticas, desde internautas que declaravam estar ''decepcionados'' com a marca por seu apoio à causa LGBT, até mensagens com trechos da Bíblia que supostamente condenam a homossexualidade. Alguns comentários chegavam a sugerir um boicote à marca.

Após tantos comentários, a marca resolveu pronunciar-se a respeito do rebuliço e, em um comentário na mesma publicação, explicou o conceito envolvido por trás da criação da campanha:

''Nossa equipe se inspirou na capa do álbum ''The Dark Side Of The Moon'', fazendo uma brincadeira com a fome - ''fominha'', um conceito muito utilizado quando falamos de Polenguinho. Prezamos pelo respeito, pela paz e pela igualdade em nossa comunidade. A campanha não aludia ao movimento LGBT, porém temos respeito máximo por esta causa. Contamos com vocês para fomentar uma comunicação afetuosa por aqui. Obrigada.''

Confira abaixo a postagem da marca Polenguinho:

Comentários dos internautas

Enquanto aqueles que não entenderam a referência faziam duras críticas à marca por seu apoio à causa LGBT, os demais ironizavam o fato de tantos internautas comentarem a postagem, mesmo ignorando completamente a ideia da mesma.

''Parabéns para o time de marketing, mirou no que viu e acertou no que não viu!'', escreveu uma internauta.

A marca interagiu com os comentários bem-humorados, utilizando memes e aceitando sugestões como incluir outras capas de álbuns famosos em suas peças publicitárias para as mídias sociais.

Quanto aos comentários ofensivos e homofóbicos, acabaram eclipsados pelo grande número de comentários em defesa da marca; a equipe de mídias sociais da Polenguinho afirmou que não apaga nem oculta quaisquer comentários em suas postagens, e que acredita que muitos usuários podem ter retirados os comentários de forma voluntária após o repercussão do post.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Música LGBT

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo