Foi liberado na madrugada desta sexta-feira (27) na Netflix, para a alegria dos fãs, a segunda temporada de Stranger Things. A série, elaborada pelos irmãos Duffer, deixou muitos fãs roendo a unha de ansiedade por um ano inteiro.

A primeira temporada foi um sucesso tão grande que expectativa por uma segunda temporada já era esperada. A ansiedade dos fãs também foi alimentada pelos trailers liberados pela plataforma de streaming, onde foi mostrado um possível retorno de Eleven, a personagem que conquistou o coração de todos na primeira temporada, e os garotos vestidos de caça fantasmas enfrentando uma grande ameaça do mundo invertido.

Confira a baixo o trailer da série, antes da sua liberação oficial:

Esperei colado no relógio de contagem regressiva a liberação, e com isso pude ver os primeiros episódios dessa temporada e trazer, em primeira mão, e sem spoilers, algumas impressões para quem ainda vai conferir esta temporada recém-saída do forno.

Primeiras impressões da segunda temporada de Stranger Things

  • O tom de nostalgia continua presente na série e mostra isso logo no seu começo. A preocupação que as coisas não fiquem jogadas sem contexto continua presente no roteiro da série;
  • Essa temporada as coisas estão acontecendo de uma forma um pouco mais rápida que na primeira. Talvez isso seja pelo ar mais de ação e mistério do que o novo inimigo dos garotos traz;
  • A atuação dos atores continua sendo um dos pontos altos da série. O amadurecimento físico e artístico da equipe continua sendo a chave de ouro da trama;
  • Esqueça o Demogorgo, o grande antagonista desta temporada é bem mais desafiador e assustador. Os efeitos especiais dessa temporada estão bem mais sombrios e realistas do que na anterior;
  • O tom de terror dos filmes dos anos 1980 continua presente, mas existe uma ar mais de ação. Nesta temporada, os garotos são mais desafiadores diante o perigo e o desconhecido. Isso é reflexo do seu amadurecimento após os eventos da primeira temporada;
  • O retorno de Eleven é cercado por mistérios. Como aconteceu na primeira temporada, ela será uma parte importante para resolver os estranhos eventos que ameaçam Hawkins, mas, dessa vez, seus poderes telepáticos serão mais explorados;
  • O Mundo Invertido volta. Dessa vez, poderemos saber mais sobre o que é e como funciona, o que nos faz ter mais medo do que podemos encontrar nele. Novas criaturas irão surgir.

Nesses primeiros seis capítulos da segunda temporada, fica evidente a proposta dos irmãos Duffer, que é contar uma história bem amarrada.

Os melhores vídeos do dia

Diferente de outras grandes produções originais da Netflix, que acabam pecando por valorizar mais o orçamento do que o enredo, como o fiasco que foi adaptação de Death Note, esta segunda temporada de Stranger Things tem uma saudável preocupação em trazer você para universo de Hawkins, mostrar o desenvolvimento de cada personagem e depois encher os nossos olhos com os grandes efeitos de CGI.

Esta tem tudo para ser a estreia do ano da Netflix. Deixe seu comentário. #Netflix Estreia Liberação Série Orginal #Eleven Stranger Things Crianças Mistério Anos 80 #Stranger Things Youtube Crítica Opinião Spoiler