Alguns dias atrás, a socialite Day McCarthy [VIDEO] foi denunciada pelos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank por injuria racial (racismo). Ela postou em suas redes sociais um vídeo onde cometia vários ataques de racismo a Titi Gagliasso, filha adotiva de Bruno e Giovana.

No vídeo, Day McCarthy diz não entender como as pessoas comentavam nas suas fotos a chamando de feia se ao mesmo tempo elogiavam a filha de Bruno, que parecia um ‘’macaco’’. A socialite também se questiona como duas pessoas de pele clara, olhos azuis e com muita beleza têm coragem de adotar uma menina que tem nariz e boca de preto e cabelo de palha.

Após a denuncia feita pelo casal, a socialite Day McCarthy será convocada a prestar depoimento por meio de uma carta rogatória, que é um meio de colaboração jurídica entre dois países, já que McCarthy não mora no brasil. Segundo a DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática) do estado do Rio de Janeiro, a socialite responderá por crimes de racismo e difamação. A polícia do Rio identificou a socialite como Dayane Alcântara Couto de Andrade, 28 anos.

Essa não é a primeira vez que essa mulher ataca crianças na internet. No começo do ano, ela teve sua conta de Instagram bloqueada após uma agressão a filha do apresentador Roberto Justus com Ticiane Pinheiro, McCarthy comparou a pequena Rafaella com o boneco Chucky, personagem famoso de um filme de terror dos anos 1980. Essa comparação foi feita pelo fato de Rafaella Justus ter uma anomalia nos olhos .

O fato de Dayane morar em outro país, o Canadá, complica a punição. O processo corre normalmente, mas o cumprimento pode ser prejudicado. Embora o crime tenha sido executado fora do Brasil, o resultado dele ultrapassou fronteiras. O efeito que teve aqui legitima o processo criminal.

O caso ganhou grande repercussão no Brasil, muitas pessoas defenderam a pequena Titi. Celebridades como Luan Santana, Thaís Araújo, Ivete Sangalo e Mc Sofia fizeram postagens defendendo e apoiando o casal Gagliasso.

Infelizmente, só neste mês de novembro ocorreram mais dois casos de racismo, o primeiro com a atriz Thais Araújo, que teve sua palestra no TEDx ironizado por várias pessoas. Muitos internautas usaram suas redes sociais para dizer que a atriz estava apenas fazendo drama. Outro caso foi o do jornalista William Waack, que usou de termos racista antes de uma entrevista. Ele foi afastado do Jornal da Globo.

É realmente triste saber que com todo o avanço da Sociedade ainda há casos tão estúpidos de racismo. Racismo parece contos de fada, parece mentira. realmente parece coisa apenas de novela, mas quando uma pessoa falar que sofreu racismo com você, acredite, porque não sabemos do que o ser humano é capaz. Seja militante mesmo não sendo negro, essa luta é de todos, porque em uma sociedade racista devemos ser antirracistas.