Quando se diz que há um exagero, diz-se que se está fazendo uma hipérbole. Na geometria, a hipérbole é uma curvatura que pode ser constante a distancias de cada um dos seus dois pontos fixos ou focos. Já na linguagem, uma hipérbole é uma expressiva ênfase que resulta ao exagero da significação linguística, exageração. Uma das muitas frases hiperbólicas, está a “morrer de medo” ou “estourar de rir”. Portanto, em alguns casos, há sem dúvida nenhuma, um exagero de linguagem pode levar a interpretações erradas.

Segundo o site veiculado ao jornal Folha de S. Paulo [VIDEO], Lupa, o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, começou uma grande caravana que iniciou em Vitória (ES), que é a terceira etapa da caravana que levará Lula ao Brasil inteiro.

Também, segundo o site, o ex-presidente fez uma entrevista para a agencia EFE, e falou um pouco sobre as eleições de 2018. Então, constatou algumas frases do ex-presidente que poderia ser chamada de “exageradas”.

A primeira foi, segundo Lula, em todas as pesquisas que aparece em primeiro lugar, todos os meses, ele aparece com o dobro de votos de todos os candidatos possíveis. Segundo o site, em 2017, todos os institutos de pesquisas analisaram 62 cenários: 51 foram de perguntas estimuladas e 11 usando informações esporádicas. Em somente dois dos cenários descritos, Lula aparece com o dobro das intenções de votos de todos os candidatos juntos. Ambas dessas pesquisas foram realizadas entre junho e julho pela CUT/Vox Populi.

O site verificou a veracidade do que disse o ex-presidente e o mesmo reconhece o exagero.

Em nota da sua assessoria, diz que a frase foi muito mal elaborada com termos equivocados. Ainda, a nota diz que o petista quis dizer que tinha mais votos do que os outros candidatos. Mas, segundo o site, a frase é exagerada, sem dúvida nenhuma. Segundo o site, em 62 cenários hipotéticos das pesquisas, somente 14 deles mostram em situação de vitória. São, ao todo, 9 pesquisas onde 4 foram espontâneas feitas pelo mesmo instituto.

Ainda, continuando a análise da entrevista em que Lula disse o que pesquisas dizem, ele afirmou que, caso venha a disputar com Bolsonaro, ganharia. Até hoje, diz o site, com suas 51 pesquisas de primeiro turno são analisados pelos maiores institutos de pesquisas do Brasil, o ex-presidente tem toda razão. Ele se mostra a frente do candidato Bolsonaro com 46 pontos e assim, está tecnicamente, em empate com o deputado nos 5 outros cenários. Nos 3 institutos como CNT/Sensus, Datafolha [VIDEO] e mais uma vez, CUT/Vox Populi, pesquisaram junto com o primeiro, o segundo turno onde disputariam o ex-presidente e o Deputado federal. São 7 pontos de vantagem, e Lula, aparece na frente em todos os cenários.