A sociedade atual passa por grandes transformações. Hoje lutamos por direitos iguais e respeito pelas diferenças. Atualmente, passamos por sérios problemas e um dos principais causadores desses problemas são os preconceitos, mas, infelizmente, esse problema não é atual. Ele vem dos tempos antigos e se enraizou até hoje na sociedade contemporânea.

O racismo ainda é predominantemente na sociedade e o pior é que muitas vezes as pessoas falam que não existe racismo.

Muitas vezes nem pensam nas atitudes preconceituosas. A novela "Do Outro Lado do Paraíso", da Rede Globo, conta a história da jovem Raquel, uma moça negra e simples que vai trabalhar de doméstica na casa de uma mulher extremamente racista e preconceituosa, que faz questão de humilhá-la por sua cor e classe social.

Raquel se apaixona por Bruno, filho da mulher racista, rico e branco. Existem várias barreiras para impedi-los de ficarem juntos.

Raquel dá a volta por cima, se forma em advocacia e se torna juíza.

Todos nós já passamos por alguma situação constrangedora, preconceituosa, em que muitas vezes nos sentimos humilhados. A xenofobia, o preconceito linguístico, tudo faz com que percamos nossa dignidade humana.

Não devemos deixar para lá, ações como essas são crimes que não devem ser deixado em branco. A pequena Titi, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, não foi a única criança negra a passar por isso.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas

Todos nós já vimos, ouvimos ou passamos por algum tipo de preconceito.

É crime, é desumano e é inaceitável. Uma sociedade preconceituosa não pode existir mais, todos temos direitos humanos e eles devem ser respeitados. Você tem direito de lutar e debater esses temas, quanto mais falarmos, mais pessoas vão ser ouvidas e acolhidas.

Seja homem, mulher, criança ou idoso, todos devemos lutar pelos respeito e pela nossa igualdade.

Por isso, se presenciar ou passar por algum preconceito, não sinta medo em denunciar. Esses agressores precisam entender e aprender a respeitar a pessoa humana.

Mesmo que você não queira se expor, não aceite que alguém desrespeite uma pessoa. É comum ver alguém sofrer racismo em lojas, postos de gasolina, salões de beleza e muitas vezes a vítima se sente constrangida e tende a deixar para lá. Por isso, sempre reivindique os direitos humanos e não se cale.

Cada vez estamos ocupando nossos espaços, quebrando barreiras e destruindo preconceitos. Antes, os negros tinham que ir nos últimos bancos do ônibus porque eram considerados inferiores a cor branca. Hoje, mulheres e homens negros são o que conquistaram seu lugar na sociedade e ainda têm muito mais a conquistar. Chega de preconceitos e que nunca percamos nossa dignidade humana.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo