O Brasil está vivendo uma crise política e ideológica que está transformando as redes sociais em verdadeiros cenários de “guerra” constante. Isso porque as pessoas estão procurando um caminho a percorrer, e a discussão fica em torno de visões binarias daquilo que se chama, de cenário ideológico. Vários internautas, exaltados sobre sua ótica, agridem aqueles que pensam diferente da sua visão. Muitos usuários de redes sociais querem a condenação do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO] (#PT-SP), mediante as provas trazidas da imprensa e dos juízes, assim como da Polícia Federal, que trabalham na Operação Lava Jato.

Vive-se no país um momento de “paixões”.

Seja de um lado, seja do outro. Como todo “apaixonado”, contudo, luta-se em defesa daqueles que estamos “encantados”, seja da direita, seja da esquerda. Como artistas são também cidadãos e humanos, tendem a defender aquilo que mais identificam como a sua preferência ideológica. Não é diferente de qualquer um que queira expressar sua opinião ou sua preferência ideológica, como está assegurado dentro da Constituição.

Ator defende Lula e é atacado por integrante da plateia

Após fazer um discurso em homenagem ao ex-presidente no teatro do Rio de Janeiro, o ator Osmar Prado foi abordado por uma mulher no calçadão. A mulher, que não se identificou, interrompeu uma pequena entrevista que acontecia – ao que parece, do próprio Partido dos Trabalhadores (PT) – com o ator, e chamou #Lula de “ladrão”.

Osmar, indignado e nervoso, manda a mulher mostrar algumas provas para comprovar que o petista roubou o que alegam ter roubado. A mulher não soube explicar de onde tirou a informação, e nem mesmo o que a motivou fazer isso e, eventualmente, não apresentou as tais provas solicitadas.

A mulher que estava gravando – e que, consequentemente, não aparece no vídeo – diz a outra mulher que abordou o ator, que, como todos os bens envolvidos da OAS, o apartamento foi penhorado pela justiça. Isso seria uma prova que o Triplex não seria de Lula, e sim da empresa [VIDEO].

No vídeo do discurso do ator Osmar Prado, muito emocionado, diz que o ex-presidente petista teria dado uma rosa. Enfatiza que nessa convenção foi o único a fazer isso, e ressalta que se o Lula for impedido de disputar as eleições, será um ato antidemocrático. Junto do discurso “apaixonado” do ator, vê-se Prado usando uma camiseta vermelha com uma foto de Lula estampada. Alguns internautas exaltaram a atitude do ator como um gesto de defesa dentro do que a democracia traz, já outros acharam um gesto de extremo fanatismo e imposição.

Veja os vídeos