Na internet existem várias pessoas que apoiam o candidato a presidência e também, deputado federal, Jair Bolsonaro, por parecer honesto. Outros “internautas” não pensam assim, colocam várias falas do deputado como provas que também colaborou com alguns esquemas de corrupção. Na verdade, o Brasil passa por uma crise binaria que coloca em xeque a política saudável e democrática, que muitas vezes, não se tem dentro das redes sociais. Muitas pessoas poderiam dizer, que as redes sociais não expressam as opiniões da grande maioria do público, ou como o filósofo italiano Umberto Eco disse, pouco tempo antes de morrer, que a internet deu vozes aos idiotas.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Em entrevista ao jornal Folha de São Paul [VIDEO]o, o deputado, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), disse entre muitas coisas, que como era solteiro usava o dinheiro para “comer gente”.

De forma irônica, respondeu às perguntas e não teve nenhuma percepção que as suas palavras, teria uma repercussão muito mais além do que pretendia. Muitos especialistas e internautas, que são oposição ao deputado, dizem que o Bolsonaro está dizendo que se relacionava como “prostitutas”. Já outros, diziam que o deputado estava se referindo em comer pessoas mesmo como se referisse, ironicamente, que ele é um “monstro”.

O fato de ter uma casa em Angra dos Reis não faria Bolsonaro um corrupto ou que ele teria uma mansão, já que muitos políticos fazem o mesmo e muito pior, mas o que faz a oposição ter razões da crítica é o fato de não ter nenhuma ideia. Muitas críticas ao parlamentar, é pelo fato dele não expressar nenhum dos seus planos de governo, nenhuma diferença de discurso da maioria, se pode apontar até, muito menos do que a maioria.

Bolsonaro está no seu oitavo partido, está sempre em contradição daquilo que se faz e daquilo que se discursa. Muitos perguntam: se ele tem moradia própria, porque então usa o auxílio-moradia?

Segundo a própria entrevista, Bolsonaro diz que venderá seu apartamento de Brasília [VIDEO] que tem 60 m2, para se mudar para um apartamento de 200 m2, que é propriedade da Câmara Federal. Ainda, de forma irônica, disse que espera que tenha hidromassagem e que não precisara gastar nada, nem na sua segurança pessoal e nem em impostos. Muitos apontam que o pré-candidato tem “aversão” a ser confrontado, dando respostas irônicas e, muitas vezes, sem conteúdo nenhum.

Segundo o site EM o deputado recebe o auxílio-moradia em espécie, não precisa apresentar nenhum, recibo. Isso, faz que esse auxilio seja descontado direto no imposto de renda do recurso. Segundo o próprio parlamentar, receber o auxílio é um direito de todo parlamentar, não há nada de ilegal nisso.

No que se refere ao grande aumento do patrimônio seu e dos seus filhos, fez uma reclamação aos repórteres, disse que daqui a pouco vão querer falar da mãe dele. Ainda, acrescentou, que se seus filhos assaltarem um banco ou ganharem na Mega Sena, o problema seria deles e não do parlamentar.