Ainda hoje, pleno século XXI, para muitos ainda é difícil entender a sexualidade de outras pessoas, mesmo quem aceita fica muito confuso, esse entendimento é necessário para o convívio saudável, tratando da bissexualidade é mais difícil pois até mesmo para os próprios homossexuais o assunto é uma especie de tabu, pois muitos pensam que um(a) bi está confuso. Então hoje vou falar sem rodeios tudo o que quero que todos entendam sobre a #bissexualidade.

Não, eu não estou confusa.

Eu não sou uma hétero curiosa nem uma lésbica enrustida, eu só acho que com tanta gente no mundo eu não preciso mesmo ter que escolher a quem eu vou amar só baseada no órgão genital que essa pessoa possui, eu quero ter liberdade de me apaixonar por quem me atrair no momento.

Não é só sexo.

Ainda hoje tenho amigas que pensam que eu escolho pessoa por prazer sexual, isso está errado, uma hétero não escolhe estar com um namorado só para transar, só por que eu posso me sentir atraída por ambos os sexos não quer dizer que eu vou sair por aí "pegando geral".

Eu não gosto mais de um ou de outro.

Quando as pessoas ficam sabendo que eu sou bi algumas perguntas são quase que automáticas.

  • De que você gosta mais?
  • Qual é melhor?
  • Se "tiver" um homem e uma mulher, qual você "pega"?
  • Você fica com todo mundo, né?

Chega a dar raiva, mas respondendo a todos, não tenho um gênero preferido e muito menos fico comparando gêneros, se tem uma mulher e um homem talvez eu não queira ninguém e nem saio por aí com promiscuidade, antes da minha opção sexual vem o meu caráter que não me permite isso.

Não vou dar em cima de vocês.

Sim, eu acho vocês todas maravilhosas, interessantes e perfeitas, mas não tem necessidade nenhuma de climão no vestiário nem de se cuidarem tanto para falar comigo, vocês são tudo de bom mas primeiramente são minhas amigas e eu dou valor a isso e jamais vou perder o respeito e atacá-las.

Não tenho fantasia com ménage.

As pessoas acham que só por que você se interessa (ou pode se interessar) por qualquer sexo, você vai querer tudo junto, isso não procede pois cada relação é única e eu não tenho vontade nenhuma de tornar minhas relações em bacanal.

Não é só uma fase.

Eu posso estar em um relação com um hétero e vou respeitá-lo e ainda serei uma bi, ou namorar uma lésbica e estarei só com ela e continuar sendo uma bi. Eu nasci assim e não tentem mudar-me.

Enfim, são muitos nomes para assimilar; Gay, lésbica, hétero, homo, #Trans, travesti, drag, bi, pan e por aí vai, devemos sempre lembrar que essa palavras são apenas rótulos impostos para que a gente se "encaixe" e que por traz da sigla LGBT ou de cada rótulo desses existe um ser humano que além de querer exercer livremente sua sexualidade, quer e merece seu respeito.

Que seja justa toda forma de amor. #Transgênero