O ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva (Lula), integrante do Partido dos Trabalhadores (PT), chegou a ser condenado em primeira instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na ação que envolve o triplex do Guarujá-SP, por decisão proferida pelo juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba-PR, juiz Sérgio Moro, que julga os casos que envolvem desvios de dinheiro da Petrobras investigados pela Operação Lava Jato.

No dia 24/01, após a 'antecipação' do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula), que teve tramitação recorde no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com o objetivo de não prejudicar o andamento das eleições.

Observe-se que foi divulgado que o revisto tinha mais de 200 processos que foram distribuídos antes do processo de Lula, os desembargadores da 8ª turma partiram ao julgamento dos recursos dos advogados do ex-presidente e do Ministério Público.

Suspeição de Sérgio Moro

Um dos principais argumentos da defesa é a #Suspeição de Sérgio Moro, que embora tenham sido rebatidos pelo Procurador Regional da República (membro do Ministério Público Federal) que atua junto ao TRF4, embora a Subprocuradora da República que atua perante o Superior Tribunal de Justiça tivesse reconhecido a suspeição (divergência entre órgãos do Ministério Público), embora o Ministro do STJ tenha negado o recurso da defesa (alegando ser incabível o tipo de recurso), mesmo sabendo, o ministro, que poderia ter concedido HC de ofício (por ser questão de ordem), o ministro não o fez.

A defesa do ex-presidente Lula apontou diversas atitudes que poderiam ser consideradas como suspeição. O juiz Sérgio Moro 'zombou' da defesa em áudio gravado pela defesa e divulgado. Mas o #desembargador Gebran Neto (amigo de Moro, conforme consta em sua obra), disse que Moro não faltou com respeito com a defesa, porém o que mais chamou atenção foi a 'falta com a verdade' do desembargador quando se referia à mulher de Sérgio Moro, conforme veremos adiante.

Página da mulher de Moro

Conforme divulgado e confirmado, a mulher do juiz federal [VIDEO] Sérgio Moro possui uma página na rede social Facebook, Eu MORO com Ele #rosangelawolffmoro, nesta página a esposa do juiz (que não é investigador da Lava Jato, mas sim juiz, que deve respeitar a defesa e o MP), faz elogios ao marido e ao seu trabalho no combate à corrupção.

Porém, em uma das postagens, o titular da página fez uma postagem com a foto do procurador 'símbolo' da Lava Jato, Deltan Dallagnol, e fez hashtag de apoio ao marido e ao procurador, atrelando ambos, como se estivessem 'unidos' contra Lula (que foi apontado pelo MPF - ou membros deste - como comandante máximo da corrupção).

Porém, no início do voto, ao afastar a preliminar, o desembargador disse que a defesa reclamou de 'comentários de usuários de rede social', porém, o contexto é bem diferente, conforme print que consta no recurso da defesa de Lula.

O relator, além de 'passar por cima' do caso, aumentou a pena de Lula para 12 anos e 1 mês. [VIDEO]