É notável observar o comportamento das crianças, elas falam e pensam em coisas sem dar a mínima importância. Elas vivem em um universo que foi construído com suas próprias regas e opiniões, que a única pessoa que pode dar um palpite são os seus pais, que muitas das vezes elas não entendem o porquê ao conversar sobre isso. Quando as crianças olham seus pais, elas esperam enxergar neles uma figura de super-herói. Os pais nunca choram, os pais sabem de tudo, eles nunca erram. Mas, a partir do momento em que elas passam a crescer, começam a ver seus pais como seres humanos imperfeitos, porém mais experientes.

Mas, conforme o ser humano vai crescendo, ele vai se distanciando desse incrível universo que passou anos sendo fantasiado por ele.

Começam a vir os anos de adolescência, onde seu corpo passa por inúmeras mudanças. Isso afeta também seus sentimentos e emoções, levando a um comportamento diferente de quando eram apenas uma criança.

Por que o medo existe?

Pode se dizer que é o crescimento de uma criança que faz com que ela tenha medo de errar. Isso quer dizer que crianças não sentem medo de nada? Não, elas sentem muito medo, mas, para elas, sempre existem meios de encontrar um conforto. Esse tipo de conforto vem de seus pais. Elas não se envergonham de dizer que têm medo de algo, falam isso espontaneamente, diferente dos adultos, que gostam de guardar seus medos dentro de uma caixinha com sete chaves.

Independentemente da idade, o medo existe, mora dentro de todo ser vivo, pode ser um animal ou uma pessoa, todos possuem esse sentimento.

Mas, o medo de sofrer um desapontamento vem do medo de receber um não, de errar, ou não conseguir ser bem sucedido de alguma maneira. Esses tipos de medo vem por meio de experiências desagradáveis que aconteceram em uma jornada da vida, como relacionamentos amorosos incertos, perdas de emprego, um sonho não realizado.

Não deixe que seu medo lhe bloqueie

Existe uma muralha entre uma pessoa e seus sonhos. Essa muralha se chama medo. Cada tijolo dessa muralha é um medo novo, uma insegurança. Toda vez que surge um medo diferente, essa muralha cresce cada vez mais. Em outras palavras, medo é um bloqueio dos sonhos.

Pensamentos positivos geram resultados positivos. Pessoas otimistas realizam mais do que pessoas negativas, são mais felizes e atraem pessoas positivas também. Mesmo que as coisas boas demorem acontecer, pessoas otimistas não se deixam abater por circunstâncias desfavoráveis. Pelo contrário, elas aproveitam cada situação da vida para aprender algo novo.

Seja realista

Ter medo as vezes é bom, ajuda a encarar uma certa situação com seriedade.

Pessoas que não demonstram nenhum tipo de sentimento de insegurança diante de uma situação diferente pode se passar a ideia de falta de sensibilidade. Ao passo, que medo excessivo pode gerar bloqueios.

Um outro ponto é que não sentir medo não quer dizer também que não vai surgir nenhum problema. Pelo contrário, lidar melhor com os medos ajuda a viver de uma maneira mais tranquila. [VIDEO] #Ansiedade #13ReasonsWhy