Vamos dizer que, nesse ano, um dos seus desejos da lista de desejo é se tornar uma pessoa mais solidária, correto? Desempenhar o seu papel de cidadão na sociedade, colaborar com o vizinho ou quem sabe uma ONG que precise de ajuda.

Seja lá qual foi a sua intenção ou o seu real motivo, as instituições estão sempre buscando pessoas que queiram ajudá-las, seja no cenário que for! Pessoas que atuam como tradutores, educadores, médicos, fisioterapeutas ou simplesmente pessoas que estejam com o desejo de fazer o bem dentro do coração e que tenham o seu tempo livre para poderem se dedicar à causa.

Contudo, também sabemos que o dia a dia nos impede de fazer muitas coisas.

Muitos dos nosso objetivos acabam ficando pela metade e, talvez, esse seja mais um deles. Agora, e se fosse possível você ajudar uma ONG da sua casa? É isso mesmo o que você leu: da sua casa!

Como se tornar um voluntário online?

Algumas iniciativas privadas estão recrutando jovens que possuem o desejo de transformar o mundo, só que não dispõe de muito tempo para fazê-lo. Elas coletam todas essas informações e armazenam num sistema, que posteriormente será disponibilizado para as ONGs para que assim, ela encontre o voluntário que deseja e precisa.

Para se ter uma ideia, aqui no Brasil, o pioneiro a pensar nesse sistema é o site Voluntários Online. Ele existe desde 2008 é, se assim podemos dizer, é uma ferramenta de classificados online, contendo nele, anúncios de todo o Brasil. É uma ferramenta bastante importante para que as ONGs possam encontrar o seu público ideal; jovens que tenham em mente o mesmo pensamento e a mesma idealização deste.

Ao todo, o Voluntários Online já conseguiu mais de 64 mil voluntários cadastrados! Além disso, 800 ONG recorrem ao sistema para conseguirem encontrar voluntários que se encaixem no seu perfil de necessidades.

Já o Dream'NGO nasceu lá na Índia, mas por aqui, ganhou espaço no mercado de forma muito rápida. E o que ela faz? Simples! Ela é uma empresa que presta consultorias em ações de marketing focadas para ONGs num geral, de modo que elas possam criar autonomia e conseguirem investimentos desejados.

Já são mais de 18 instituições que receberam seus cursos de capacitação e 60 voluntários participaram de suas ações por aí. Embora o mais grosso do seu Trabalho tenha que ser feito de forma presencial, ainda assim, ela precisa de voluntários que possam atuar do conforto de suas casas, dando suporte no que for preciso.

E, para finalizar, há o Atados, que é uma empresa que está sempre em busca de tradutores e web developers desde 2012. Ela atua como um mediador, levando essas pessoas que queiram ajudar até as ONGs que precisam do seu serviço e de sua ajuda. Se contarmos tudo, já são mais de 34 mil usuários e 340 instituições cadastradas para receber essa "ponte".

E agora que você já sabe tudo o que pode fazer, que tal começar a mudar o mundo?