Após a formação do terceiro paredão neste domingo (11), Ana Paula perdeu a cabeça e foi para cima de Kaysar, no Big Brother Brasil 18, da Rede Globo. A bruxinha acreditava que o sírio tivesse votado nela. Entretanto, Kaysar explicou a Ana Paula [VIDEO] que votou na realidade em Viegas.

É fato que Ana Paula não precisava xingar o sírio. Afinal, como qualquer outro participante, Kaysar tem o livre arbítrio de mudar seu voto na hora de uma formação de paredão.

O garçom, um dos mais fiéis e engraçados participantes do programa, talvez não compreenda essa raiva e apreensão que Ana Paula teve. O mundo em que o sírio vive é bem diferente do restante dos confinados, principalmente por parte da estudante de jornalismo.

Mas, nem por isso, ele precisou pisar ou xingar qualquer pessoa no reality.

A simplicidade do garçom incomoda muitos participantes, como a própria bruxinha, mas encanta o público como num todo, pela disposição de fazer todos felizes, independente se é uma pessoa considerada perigosa ou tranquila dentro do programa. Mesmo não sabendo dos perigos que enfrenta, Kaysar quer o bem de todos.

Ana Paula abriu suas asinhas depois de um longo período sem causar devido à fraqueza que estava sentindo nas últimas semanas. Com este palavrão soltado em rede nacional, pode ter selado definitivamente sua saída do Big Brother Brasil.

A estudante de jornalismo já esperava votos contra ela. Entretanto, só não esperava o voto de Breno, pois ainda não tinha feito sua decisão até a hora da formação do paredão.

A maioria da casa está contra ela, assim como o público em geral, que não quer que ela continue.

A lealdade nesse tipo de jogo é quase nula. Afinal, em cada formação de paredão tudo pode acontecer, desde o considerado certinho até o mais irritante, como é o caso de Ana Paula. A moça terá que torcer bastante para que o público vote na família Lima ou em Paula, embora a última citada seja a menos provável que saia nesta berlinda.

Estressar ao vivo foi uma péssima ideia de Ana Paula [VIDEO], o pouco de brilho que ainda possuía foi definitivamente apagado. A irritabilidade dela pessoa quanto as demais e o papel de mocinha-vilã (ora faz de mocinha com todos da casa, ora de vilã para quem deseja estourar) já não fazem causa e efeito para nenhum dos confinados e nem para os que comandam o programa, como Tiago Leifert.

Se Ana Paula se sentia segura por ter Diego, líder, estava completamente enganada pois, não tem ao menos carisma. Com metade que ainda resta desta edição, é quase nulo o apoio do escritor e de Patrícia, que andam fazendo intrigas de todas as pessoas que estão no Big Brother Brasil.