Ser mãe comprova que a realidade é bem diferente da expectativa. Quem se identifica? [VIDEO] Ter um filho é fácil, ser mãe nem sempre é tão fácil. Afinal, educar uma criança exige compreensão, paciência, amor e muito diálogo o que diversas vezes, são completamente ignorados pelos pais.

Se não quer cometer esse erro, confira neste artigo e conheça algumas situações e palavras que se deve evitar ao comunicar com os filhos ou com as demais crianças de convívio:

Nunca minta para o filho(a)

Alguns pais apelam para pequenas mentiras ao serem confrontados pelos pequenos, como, por exemplo, dizem que a injeção não irá doer, mesmo sabendo que isso não é verdade.

No entanto, o que muitos pais não sabem é que, ao mentir para as crianças, muitas vezes abalam a confiança dos pequenos. Por isso, a dica é que sempre fale a verdade.

As crianças e os porquês

É normal que os pequenos questionem o porquê disso ou daquilo. Porém, na correria do cotidiano, ao se deparar com os porquês da vida, simplesmente as pessoas se limitam ao porque sim ou porque não, não é verdade?

No entanto, o que muitos pais esquecem é que os porquês dos filhos são importantes para que eles possam se conhecer e saber mais sobre a realidade em que vivem.

Jamais seja irônico(a) com os pequenos ou o exponha ao ridículo

Sim, muitos pais são irônicos com as crianças, muitos vezes se deparam com situações em que a mãe ou o pai diz ao filho(a) ‘’não fale besteira’’, ‘’você só diz bobagem’’, ou coisas similares.

Enfim, acabam se referindo as crianças com se dirigem aos adultos. O que muitas vezes as pessoas esquecem é que as crianças ainda estão construindo pensamentos lógicos, ao contrário de um adulto.

Não rotule ou xingue o filho ou filha

Quem nunca ouviu uma mãe ou pai dizer ao filho(a) como é preguiçoso(a), teimoso(a), ruim ou malvado(a), entre outras palavras negativas. Ao fazer isso com os pequenos fará com que ele se torne o que diz ou também poderá vir a piorar seu comportamento.

Pois, ao fazer isso, prejudicará a imagem que a criança tem de si mesma e isso poderá lhe afetar pelo resto da vida. Por isso, antes de rotular ou xingar o filho(a), reflita [VIDEO], conte até mil e respire fundo.

Jamais prometa o que não poderá cumprir

Nunca se deve prometer ou dizer algo que não seja capazes de cumprir para os filhos. Ao fazer isso, muitas vezes se destrói a confiança e o respeito que é depositado. Muitas vezes os pais prejudicam também a capacidade das crianças confiarem nas demais pessoas. Seja sempre sincera com o filho ou filha.

Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos e em suas redes sociais.