Antes de tudo a palavra namoro não é mencionada na Bíblia, mas ela nos mostra princípios que devemos seguir antes de começar um compromisso. O que a nossa cultura chama de namoro deve ser o período de tempo voltado para conhecimento próprio e de preparação para uma decisão que é para toda a vida, o casamento.

É muito importante que tenhamos compreensão de que o significado de namoro que comumente ouvimos nos bate-papos, televisão e internet são conceitos humanos e diferentes dos preceitos bíblicos ensinados por Jesus e pelos apóstolos.

Aprendemos no dia-a-dia que namorar é algo normal e que devemos nos entregar a nossos sentimentos. Existem pessoas que já tiveram vários namoros e que nunca pensaram em um dia se casar.

Ao contrário do que a sociedade ensina como correto, o cristão deve conhecer a pessoa antes de firmar qualquer compromisso que seja. O mais importante é saber se a pessoa é nascida de novo, ou seja, se ela aceitou a Cristo como seu único e suficiente Salvador (João 3:3-8), e se ela compartilha dos mesmos propósitos.

Para evitar conflitos no relacionamento, um cristão deve ser muito cauteloso para não escolher uma pessoa que não compartilha dos valores morais cristãos. A admoestação de Paulo aos Coríntios sobre o jugo desigual serve para os cristãos em geral.

Em 2 Coríntios 6:14-15 está escrito: “Não se ponham em jugo desigual com descrentes, pois o que tem em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Que harmonia entre Cristo e Belial? Que há de comum entre o crente e o descrente?”

Antes de entrar em um compromisso é importante lembrar que devemos amar a Jesus acima de qualquer pessoa, assim como está escrito em (Mateus 10:37). Colocar o sentimento por uma pessoa acima de qualquer outra coisa também é uma forma de idolatria (Gálatas 5:20, Colossenses 3:5).

A sociedade e a mídia ensinam que ter relações sexuais antes do casamento é algo normal, mas o cristão que busca um compromisso abençoado por Deus deve se guardar dos desejos sexuais antes do casamento (I Coríntios 6:9, 13, II Timóteo 2:22).

A imoralidade sexual é pecado contra Deus e contra o próprio corpo, e a Bíblia admoesta o cristão a fugir dela (I Coríntios 6:18).

Devemos amar e honrar as pessoas assim como devemos amar a nós mesmos (Romanos 12:9-10), esse é o verdadeiro relacionamento cristão. Os princípios bíblicos são as melhores maneiras de se preparar para um casamento feliz e abençoado.

O casamento é uma das decisões mais importantes de nossa vida, é quando duas pessoas se tornam uma só carne.

Sendo assim, o casamento deve ser permanente e inseparável (Gênesis 2:24, Mateus 19:5).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo