Imagine-se vivendo em uma realidade onde os homens das zonas rurais são expulsos de suas terras como forma de satisfazer a ânsia da classe burguesa por mão de obra barata e abundante. Esses camponeses chegavam em distritos industriais, que os submetiam a condições de trabalho insalubres e jornadas de trabalho exaustivas.

Sem nenhum tipo de proteção contra doenças ou acidentes, sem salário fixo nem garantia de emprego.

Foi nesse cenário social, caótico e de exploração que viveu Max Weber.

Weber nasceu na Alemanha em 1864. Ele tornou-se um destacado sociólogo, historiador e economista. Ao lado de Durkheim e Marx, Weber também é um membro da chamada sociologia clássica. Ele criou um método de análise social, que ficou mundialmente conhecido em sua obra Fundamentos da Sociologia Compreensiva.

O método compreensivo ou sociologia compreensiva mostra que o fenômeno social é específico e seu estudo precisa de um método próprio, diferente do empregado nas ciências da natureza.

Enquanto as ciências naturais busca explicar os fenômenos da natureza, que caracterizam-se por sua regularidade, as ciências sociais, por outro lado, procuram compreender os fenômenos da sociedade.

Atualmente estamos familiarizados com um mundo construído sob princípios éticos. Com leis muito bem explicadas, compreendidas e executadas por meio de órgãos competentes. Tudo isso começou em uma bandeira revolucionária: liberdade, igualdade e fraternidade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Política

Logicamente, esses princípios na época não foram suficientes para alcançar seus objetivos e a sociedade da época ficou distante do ideal. Intelectuais como Weber confrontaram a antiga aristocracia, apoiados por movimentos sociais e trabalhadores organizados de diferentes setores da sociedade.

De acordo com Weber, um fenômeno social pode ser explicado a partir de inúmeras causas, e estas somente podem se encontradas mediante a análise de cada fenômeno.

Em seu livro A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, Weber demonstrou que o capitalismo pode ser compreendido não apenas por razões econômicas, mas também religiosas.

O que é um ponto de vista de promove debates acalorados até nossos dias. Assim, antes de reclamar de seu trabalho ou de seus superiores, pense em como Max Weber ansiava viver em condições de trabalho como as suas, pois tudo fica melhor quando compreendemos a sociedade que está ao nosso redor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo