Desde o início da novela O Outro Lado do Paraíso, o autor Walcyr Carrasco afirma que a novela mostrará que todos têm uma face oculta, o que remeteria ao nome da novela. A grande incógnita é que mais de uma vez se pronunciou que o personagem Renato [VIDEO] (Rafael Cardoso), que sempre foi visto como mocinho, na verdade seria um vilão oculto.

Para o grande público é uma revelação difícil de engolir, pois o doutor, desde o primeiro capítulo, se mostrou visivelmente apaixonado por #clara (Bianca Bin). Todos torciam que ficasse com a mocinha. Mesmo ela não correspondendo, se casando com Gael (Sérgio Guizé) e depois apanhando dele, #Renato sempre esteve ali por perto.

Tanto que mesmo a vendo se casar com outro, surpreendentemente, começa a namorar a irmã do rival e frequentar a casa da família, mesmo demonstrando ainda estar apaixonado pela agora cunhada. Durante toda a trajetória de Clara, que a levou a ficar 10 anos presa num manicômio, Renato continuou na família.

Mesmo com o seu amor sendo dada como desaparecida, em vez de largar de Lívia (Grazi Massafera), ele ficou e ajudou a criar o filho de Clara, Tomás (Vitor Figueiredo), que o tem como um pai mais amoroso que o próprio pai biológico.

Com a ajuda de Mercedes (Fernanda Montenegro), Renato magicamente consegue entrar no computador de Sophia (Marieta Severo) e descobre onde está Clara. Inventa uma história, vai até lá e tenta salvá-la, mas descobre que seu plano não deu certo. Concluindo que Clara morreu, volta para a família, como se nada tivesse acontecido, ainda que apresentando tristeza e amargura.

Por que ele continuaria ali, depois de perder o seu amor? A justificativa que encontrada foi a desesperança e o objetivo de continuar cuidando de Tomás.

No entanto, Clara sobrevive. A principio tem ódio de Renato, pois acredita que ele quis matá-la e seria mais um de seus inimigos. Clara arma aquilo tudo, rouba os quadros, fica rica com a ajuda de Patrick e volta pra se vingar.

Confronta Renato, que explica o que aconteceu, pois não sabia que lançariam os corpos não reclamados por parentes do penhasco. Clara aceita a muito custo que sejam aliados. Renato se separa de Lívia e cerca Clara, declara o seu amor e se dedica a vingança junto com ela.

Clara se deixa envolver com os beijos do doutor, mas ainda não demonstra estar pronta para amar. Um pé atrás é sempre bom, depois de apanhar tanto do primeiro amor. A aproximação de Patrick (Thiago Fragoso) também dá a ela a oportunidade de começar de novo se quiser, uma nova paixão, pois o advogado já demonstrou estar envolvido.

Por outro lado, sua agora irmã Adriana (Júlia Dalavia) também tem uma queda por Patrick, não declarada, mas que pode virar um romance futuro, se essa for a intenção do autor.

Mas o bom mocismo parece ter chegado finalmente ao ponto de virada.

Nos próximos capítulos, o público verá o médico cada vez mais interessado em descobrir como Clara ficou rica e não deixando que ela abandone o garimpo das esmeraldas. Investigando por conta própria, descobrirá que Clara foi empregada em uma casa rica e tudo indica que teria roubado quadros valiosos da patroa, que agora está na miséria.

Perguntada como quem não quer nada, a empregada Janete (Daniela Fontan) fala demais e Renato pede segredo para que ninguém descubra o que Clara e Patrick escondem. Afinal, quem é Renato?

Vamos às pistas dadas pelo autor:

- No primeiro capítulo, sabe-se que ele é forasteiro e médico. Passa todos os dias no bar de Josafá apenas pra tomar café e ver Clara, antes de ir para o quilombo.

- O pai de Clara conta que há 10 anos havia um garimpo perto em Pedra Santa.

- O pai de Clara morre e ela arruma emprego no quilombo, onde eles se aproximam.

- Clara conhece Gael e ele demonstra já saber quem o médico é. Gael quase mata o doutor no penhasco.

-Clara casa com outro e Renato começa a namorar a irmã de Gael, continuando por perto, na família.

Outras pistas sobre outros personagens que podem estar ligados a Renato:

- Sophia matou um homem casado, Agenor, há mais de 20 anos, conseguiu um álibi e não foi presa.

- Sophia disse nos primeiro capítulos que conheceu o garimpo desativado.

- Nenhum parente de Renato apareceu para o casamento dele com Lívia.

- Josafá deixa claro que aquelas terras não valiam nada só tinha pirita, o filho dele comprou na esperança da achar o veio.

- Laerte [VIDEO] (Raphael Viana) investigou a morte de Agenor e descobre que ele gastou muito dinheiro com a amante antes de morrer.

- Mercedes tem um pressentimento sobre Renato e diz "Mais um". Provavelmente quis dizer inimigo.

Enfim a teoria mais plausível

Renato é filho de Agenor, o homem que Sophia matou há mais de 20 anos. Agenor gastou tudo o que tinha com a amante e foi morto por ela. Tudo indica que ela queria algo dele que ele e como não teve o matou.

Pode ser que ele tivesse descoberto já naquela época o veio de esmeraldas. Como o velhinho que conversou com o Laerte disse, Agenor tinha possas mas morreu deixando a viúva sem dinheiro. É possível que ela tenha vendido a terra onde morava para se refazer em outro lugar.

Renato, tudo indica que não era de Palmas, é um dos poucos personagens com sotaque carioca. Pode ser que a viúva tenha ido embora para o Rio de Janeiro e criado o filho por lá, onde fez medicina e prestou concurso pra residência em Palmas.

Estranho Renato não ter se especializado, sendo apenas um clínico geral. Isso pode indicar que medicina não era a vocação dele, mas o meio que encontrou para chegar lá. Também não reclamou do cargo de diretoria oferecido por Sophia para que mantivesse o casamento com Lívia.

O crime ocorreu há 20 anos, mas o garimpo continuou existindo por mais dez anos até ser fechado. Nesse período de tempo, o pai de Clara comprou as terras, que, segundo Josafá, não valiam nada, era só pirita que tinha por lá. Mas quem entende de geologia sabe que o veio pode estar acompanhando a pirita. De quem o pai de Clara comprou as terras que não valiam nada, mesmo estando ao lado do garimpo?

Comprou de alguém que quis se livrar logo do lugar, como, por exemplo, uma viúva com filho para criar querendo dinheiro pra recomeçar a vida. A viúva pegou o dinheiro e se mudou. Pelo sotaque de Renato, imagino que fosse para o Rio de Janeiro, onde seu filho se formou.

Passados todos esses anos no Rio e Renato planejou sua volta para o Tocantins prestando concurso de residência para Palmas. O hospital que Renato trabalha foi construído com o dinheiro do marido de Sophia.

Lembram no começo da novela que Sophia disse que era viúva há pouco tempo e o dinheiro da família estava acabando. Renato voltou para Palmas pouco tempo depois que o marido de Sophia morreu.

Vejamos as idades de Renato e Clara. No início da novela, Clara é professora do quilombo, casou com Gael, que não queria que ela fizesse faculdade. Renato já era médico, residente, o que significa uma diferença de idade de pelo menos 6 anos. Podemos imaginar um flashback em que Renato pode ter morado nas terras onde vivia Clara com o pai e o avô, e a conheceu bebê, enquanto ele era um menininho de 7 anos.

Com essa idade, traumas e lembranças ficam muito bem guardadas, se não bloqueadas. Quando Renato voltou ao Tocantins e foi fazer trabalho voluntário no quilombo, já conhecia aquele bar velho e abandonado de Josafá, pois é muito estranho com tanta estrada ele parar lá justamente todos os dias apenas para tomar café com leite.

Na verdade, ele reconhecia o lugar e acompanhava a movimentação de Jonas com as esmeraldas, aproximou-se de Clara quando ela perdeu o pai e foi trabalhar no quilombo.

Então, Renato ama Clara ou só quer suas terras? Acredito que os dois. Ele realmente gostou dela assim que a viu, mas quando percebeu que ela iria se casar com Gael, tornou-se obcecado. O amor dele por ela é, na verdade, uma pedra no sapato. Renato não voltou pra tomar tudo de Clara, mas para tomar tudo para ele, incluindo Clara, que desde antes do casamento já provocava Gael e fez questão de ir a festa e beijar a noiva, o que seria muita humilhação ver de perto a mulher que ama casar com outro né?

Então, acredito que ele realmente se apaixonou e se afeiçoou a Tomás como filho, mas, nesse caso, Clara o desvia de seu principal objetivo, a vingança da família de Sophia. Ele já conhecia Gael, de Palmas. O que significa ele estudou a família de Sophia, sabia que ela era viúva, que o filho era um problema, que a filha mais velha era leviana - e é provável que soubesse até que Lívia era adotada- sabia da anã e também da condição financeira ruindo de Sophia.

Mas se ele sabia que não estavam com esse dinheiro todo, como ele se vingaria? Acho que esse ainda é o grande segredo do autor: o motivo da morte do amante, o que foi que Agenor tinha e motivou Sophia a matá-lo.

Poderia ser um mapa do veio, ou uma esmeralda gigante. Renato ou tem ou está procurando na casa de Sophia há mais de 10 anos. É o único motivo pelo qual continuou na família mesmo na iminente morte de Clara no penhasco.

Teria perdido a mulher que amava, mas não sairia dessa sem levar a frente seus planos. É apenas uma teoria, baseada nas pistas deixadas pelo autor. Se ele insiste que o personagem é vilão, temos que nos perguntar por que e onde foi que deixamos escapar essa compreensão. #ooutroladodoparaíso