Devido ao episódio ocorrido na última Copa, que ficou conhecido em parte como Mineirazzo e a recente proximidade do próximo jogo entre as duas seleções surgiu uma dúvida: será uma revanche, uma nova goleada ou um jogo normal? O jogo vem sendo tido como uma edição antecipada da Copa do Mundo, tendo em vista os últimos resultados que essas seleções tiveram.

Muitos estão animados devido a vitória sobre a Rússia por 3x0 na última sexta-feira (23), principalmente por ter sido o primeiro bom resultado da seleção de Tite contra uma seleção Europeia, e, além disso, a Canarinha está tendo a oportunidade de jogar e evoluir sem seu principal craque, Neymar, em recuperação de uma lesão no pé direito.

O camisa 10 do PSG e do Brasil só volta aos gramados em maio.

A Seleção também conta com outro desfalque, o lateral esquerdo Filipe Luís, de 32 anos, que sofreu uma lesão na fíbula esquerda e é dúvida para a Copa, levando em consideração sua presença constante na lista de Tite. Há também questionamentos pela ausência do jovem David Neres que vive grande momento na Europa na lista do Tite, ou também do que por muitos foi injustiçado Lucas Moura, recém contratado pelo Tottenham e que sempre mostrou boas atuações pela seleção Canarinha.

Novos nomes na seleção de Tite

Por outro lado há outros nomes novos que foram convocados por Tite como o meia Talisca, já para substituir Neymar ele optou pelo meio campista do Shakhtar Donetsk, Fred e Willian José Real Sociedad. Segundo o próprio Tite ainda há vagas disponíveis na seleção que irá a Copa.

O Mineirazzo e a seleção de Tite

O épisodio acontecido na semifinal da última Copa do Mundo já foi superado, e agora a Seleção se mostra bastante confiante no embate que ocorrerá no próximo dia 27.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Seleção Brasileira

“É um fato real, e tem que acostumar-se a ele. Mas agora é outra etapa, outro momento. Enquanto não fizer outro jogo, vai acontecer isso” (Tite sobre o 7 a 1)

Também temos que levar em conta que as duas seleções vivem momentos diferentes desde o último mundial. A Alemanha apresenta uma seleção renovada com muitos jogadores jovens no elenco, mas também mescla jogadores com experiência, e já estabelecidos.

Muitos deles estavam presentes, inclusive, no último mundial. Não diferente, a seleção Canarinha também passou por profundas mudanças desde 2014, para muitos a maior delas foi a entrada do técnico Tite. Afinal, nem é preciso dizer o porquê.

O que esperar para o próximo Brasil e Alemanha?

Afastando o fantasma do 7 a 1, a Seleção tenta conseguir um bom resultado na próxima terça, dia 27. Espera-se um jogo equilibrado diferente daquele 7 a 1 e com as seleções mostrando todo o futebol que ambas desenvolveram em mais de um século de historia no futebol.

E você o que espera dessa "revanche"?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo