Empreendedorismo é o ato de idealizar, coordenar e gerir um projeto, um serviço e negócio. É o ator de inovar e criar algo novo dentro do mercado.

As mulheres, hoje em dia, estão cada vez mais poderosas e conquistando patamares mais elevados que muitos homens no mundo dos negócios. Embora alcançar o sucesso não está sendo fácil, pois se deparam com o cenário da crise financeira e inúmeras objeções.

Com tudo isso, Robert Kiyosaki, autor do livro "O Negócio do Século XXI", afirma que é na crise que nascem os maiores empreendedores.

Afinal, é na necessidade que os seres humanos tiram o coelho da cartola e fazem mágica para sobreviver, ou seja, para muitos é necessário os apertos da vida para serem direcionados a mudar sua rotina e a desenvolverem projetos que estavam engavetados.

Nos últimos três anos, mesmo diante da instabilidade econômica ,o mercado tem trazido novos empreendedores. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 11 milhões de empresas foram criadas no Brasil por gente que precisava de trabalho.

A crise abre portas para as pessoas concretizarem seus sonhos e metas. O emprego não é mais segurança para ninguém, a oferta de trabalho vem diminuído e os números de desempregados aumentam mais e mais.

O que as mulheres têm feito para empreender?

As mulheres neste novo panorama têm driblado a crise se aperfeiçoando em assuntos que atendam, principalmente, o universo feminino. Encontram-se maquiadoras, designers de unhas e sobrancelhas, consultoras online de emagrecimento, consultoras de vendas de cosméticos, comerciantes online de roupas, bolsas e sapatos, doceiras, costureiras, coachs, líderes de expansão de produtos ou serviços, entre outras atividades.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Mulher

A maioria das empreendedoras encarara esse desafio pela praticidade de poder trabalhar dentro de casa, em que ela possa cuidar do lar, estar com os filhos, dar atenção ao esposo e gerir seu negócio no horário que quiser e na sua comodidade. Elas se sentem menos pressionada, menos estressadas e os seus resultados são mais produtivos do que estivessem em um escritório ou em uma loja.

O conforto do lar possibilita mais determinação e foco para a empreendedora chegar ao sucesso. No universo dos negócios tudo tem um preço, um risco e um valor.

Para atingir o objetivo, é necessário pagar o preço, enfrentar os riscos e valorizar o negócio.

O preço é o investimento do tempo, dinheiro e do conhecimento que depositará no negócio. O risco é algo inevitável, o importante é dar início ao negócio com fé, foco, disciplina e ação, uma vez que tudo que é atribuído a sua mente com convicção torna se realidade. Isso chama-se lei da atração.

Entretanto, idealize coisas boas para si. O valor está associado à reputação do seu negócio. Venda seu produto ou serviço como único, mostre ao cliente que o seu negócio é o que ele necessita.

Todas as pessoas que trabalham vendem algo para alguém, sejam elas médicos, advogados ou políticos. Um bom vendedor precisa conhecer o mercado, usar o que vende, ouvir e se aproximar do seu cliente.

O mundo empreendedor é feito por pessoas que não desistem. A Mulher é muito mais ansiosa e temerosa do que os homens, embora sejam mais idealistas. Em vista disso, a mulher empreendedora de sucesso é aquela que saber definir e traçar metas, que tem visão de futuro e sabe aonde quer chegar. Se errar, ela recomeça, tem um motivo pelo qual não desiste do negócio.

As mulheres têm procurado o mundo empreendedor pelas seguintes causas: independência financeira, ter liberdade de tempo, sair da rotina, desejo de causar impacto positivo na vida das pessoas, ter mais tempo com a família, paixão pela área que atua.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo