A última vez que uma série se mostrou tão ‘viciante’ na Netflix aconteceu quando foi exibida ‘Breaking Bad’ - sem querer desmerecer todas as outras – e agora o mundo se depara com uma produção original da Espanha que causa dependência, no bom sentido, claro. É o fenômeno La Casa De Papel que está contagiando todos os fãs de grandes séries já apresentadas pela Netflix.

Nesse caso não é uma produção original do streaming e sim da Antena 3, mas uma nova temporada será gravada, agora com exclusividade Netflix.

Desde os tempos de ‘Breaking Bad’ não se via tantos comentários e críticas positivas a uma série como o que está acontecendo com ‘La Casa de Papel’. Torna-se praticamente impossível parar de ver e não contar os minutos para acompanhar o próximo episódio.

O plano do misterioso professor para realizar o maior assalto da história da Espanha, tendo a Casa da Moeda como o cenário principal, arrebatou uma legião de fãs em todos os países onde está sendo exibida, em especial no Brasil. A história que está fundamentada no desejo pelo dinheiro e que, apesar de ser um crime, a regra é não derramar uma gota de sangue, deixando de fora a violência, segura o público do começo ao fim.

Dramas e conflitos em ‘La Casa de Papel’

A série, que está sendo exibida pela Netflix, não se resume unicamente ao assalto à Casa da Moeda da Espanha. Os dramas de cada personagem vêm à tona entre um momento ou outro e isso também acaba prendendo os fãs. Todos os personagens carregam dentro de si os seus conflitos, suas frustrações e o sonho de conseguir uma vida melhor após o fim do plano traçado pelo professor.

Enquanto o grupo imprime os milhões de Euros, o público vai desvendando os segredos de cada personagem e todos têm algo em comum: alguma perda na vida. Além do professor e seus ‘alunos’ Nairobi, Tokyo, Berlin, Denver, Rio, Moscou, Oslo e Helsink, quem acompanha ‘La Casa de Papel’ também acaba prestando atenção em uma personagem importante na história: a chefe de polícia Raquel.

Ela se mostra forte durante seu trabalho na polícia e nas negociações com o bando, mas sua vida pessoal é repleta de dramas.

Teve um casamento cheio de problemas e foi abusada pelo marido, que para piorar a trocou por sua irmã. Além disso, Raquel também vive sem tempo para curtir a filha e ter uma vida amorosa. Com tantos dramas, mistérios e ação, é impossível não ficar viciado em ‘La Casa de Papel’, assim como aconteceu com ‘Breaking Bad’.

Não perca a nossa página no Facebook!